Licenciamento de Veículos

Confira tudo sobre o licenciamento de veículos, algo que é considerado obrigatório no Brasil e precisa ser respeitado. Saiba mais sobre o procedimento, como…

Confira tudo sobre o licenciamento de veículos, algo que é considerado obrigatório no Brasil e precisa ser respeitado. Saiba mais sobre o procedimento, como funciona o cálculo e como regularizar a situação.

Licenciamento de Veículos. (Foto: Divulgação)

Todo brasileiro que é proprietário de um carro ou uma moto também tem responsabilidades sobre o veículo. Ele deve arcar com as despesas anuais de Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, o (Dpvat). Também é de fundamental importância pagar a taxa referente ao licenciamento.

Leia mais: Licenciamento Eletrônico SP: Como fazer

Licenciamento de Veículos

Muito se fala a respeito de licenciamento de veículos, mas poucas pessoas sabem exatamente os motivos para licenciar um carro ou uma moto. O procedimento nada mais é do que o pagamento de uma taxa, que, por sua vez, autoriza a circulação pelas vias.

O veículo só pode circular se o licenciamento estiver em dia. (Foto: Divulgação)

Na teoria, o licenciamento comprova que o automóvel segue as normas ambientais e de segurança, ou seja, que se encontra em boas condições para circular nas ruas e estradas. Essa constatação, no entanto, nem sempre é verdadeira. A maioria das cidades brasileiras não se compromete com a realização de uma inspeção rigorosa nos veículos para licenciá-los.

Veja também: Como calcular o Licenciamento do seu veículo em 2015

Como fazer o licenciamento do veículo?

O valor do licenciamento varia conforme o estado. (Foto: Divulgação)

Para licenciar o carro, o proprietário precisa pagar uma taxa anual, cujo valor varia de R$50,00 e R$100,00 (dependendo do estado). Ele deve seguir o calendário de pagamento, disponível no site Detran de cada estado.

Depois de pagar o licenciamento, é gerado um documento comprobatório, intitulado de Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo. O condutor deve sempre carregar o CRLV e apresentá-lo em caso de fiscalização. Vale ressaltar que a emissão do documento só é possível se todos os débitos forem quitados, inclusive multas atrasadas.

Leia Também:  Shopping Eldorado Lojas

O que acontece se o veículo não for licenciado?

Não é permitido dirigir sem o CRLV. (Foto: Divulgação)

Se o motorista for pego dirigindo sem o CRLV do veículo ou com o licenciamento em situação irregular, ele sofrerá com penalidades. Mesmo com o IPVA pago, ele terá o automóvel apreendido, além do que vai precisar pagar uma multa de R$ 53, 20 e a perderá 3 pontos na CNH. Se também não houve o pagamento do imposto, a penalidade se torna ainda mais grave (perda de 7 pontos na carteira e multa de R$191,54).

Saiba mais: Parcelamento IPVA 2015 passo a passo

Atenção motoristas! A fiscalização já começou a exigir o licenciamento de veículos 2015, bem como o Dpvat e o IPVA. Procure a unidade do Detran no seu município e pague todas as pendências referentes ao seu carro ou moto. Você também pode fazer isso de forma simples e rápida em uma das unidades do Poupa Tempo em São Paulo.

Top