LG demite 170 funcionários de sua unidade de Taubaté

A fábrica da LG localizada em Taubaté, anunciou a demissão de 170 de seus funcionários. A informação foi divulgada pouco mais de um mês…

A fábrica da LG localizada em Taubaté, anunciou a demissão de 170 de seus funcionários. A informação foi divulgada pouco mais de um mês após a demissão de outros duzentos e de férias coletivas à outros 800 no setor de produção de celulares, devido ao alto número de aparelhos em estoque.

A alegação para a demissão é de que isso se trata de uma reestruturação na linha de produção. Dentre estas demissões, 140 são do setor de celulares e os outros fazem parte do setor de monitores e tecnologia. Segundo nota da empresa, o plano de saúde será mantido por mais 90 dias. Informou ainda, que está trabalhando para encontrar novos postos em outras empresas da região para estes funcionários desligados por meio do “Programa LG de Transição de Carreiras”.

O Sindicato dos Metalúrgicos, informou que os estoques de celulares continuam altos, totalizando cerca de 900 mil aparelhos e que os momentos difíceis recentes da empresa se devem a falta de investimentos em reestruturação de produtos no mercado. Os planos agora são de pressionar a LG, contando com ajuda da prefeitura e da câmara de vereadores, que foram convidados à uma reunião. De acordo com o presidente do sindicato, Isaac do Carmo, à presença de executivo e legislativo são importantes pois a empresa recebeu área pública e incentivo fiscal sob propósito de geração de renda no município.

Segundo o sindicato, o número original de colaboradores demitidos seria de 300, porém a meta foi revertida após negociações.

Top