Lesões causadas pelas mochilas escolares

Você conhecer as lesões causadas pelas mochilas escolares? As crianças estão ansiosas pela volta às aulas, animadas para começar uma nova jornada de aprendizado…

Você conhecer as lesões causadas pelas mochilas escolares? As crianças estão ansiosas pela volta às aulas, animadas para começar uma nova jornada de aprendizado e compartilhar as novidades no material escolar. Mas é preciso ter cuidado. Os fisioterapeutas alertam que o excesso de peso na mochila das crianças e jovens pode provocar dores na região lombar e problemas de má formação, já que os pequenos estão em  fase de crescimento.

Lesões causadas pelas mochilas escolares (Foto: Exame/Abril)

Lesões causadas pelas mochilas escolares (Foto: Exame/Abril)

Lesões causadas pelas mochilas escolares

Os pais precisam estar atentos em como evitar os problemas e lesões causadas pelas mochilas escolares.  Medidas preventivas são: utilizar mochilas com carrinhos; observar a postura da criança ao sentar ou ao carregar a mochila; ajustar a mala corretamente às costas, deixando as alças paralelas. O correto é que a mochila não ultrapasse 10% do valor do peso da criança.

Leia mais informações sobre: Mochilas Escolares – preços, onde comprar

Alguns dos problemas graves

É preciso ver a altura da pessoa e o modelo no corpo para não causar as dores (Foto: Exame/Abril)

É preciso ver a altura da pessoa e o modelo no corpo para não causar as dores (Foto: Exame/Abril)

  • Lordose

É o aumento anormal da curva lombar levando a uma acentuação da lordose lombar normal (hiperlordose). Os músculos abdominais fracos e abdome protuberante são fatores de risco. Caracteristicamente, a dor nas costas em pessoas com aumento da lordose lombar ocorre durante as atividades que envolvem a extensão da coluna.

  • Hiperlordose Lombar

É caracterizada pela acentuação da concavidade lombar, colocando o ponto trocantérico para traz da linha de gravidade. Causada pela hipertrofia da musculatura lombar.

  • Hiperlordose Cervical

Acentuação da concavidade da coluna cervical, que é a região do pescoço, colocando o ponto trago para traz da linha de gravidade. É causada geralmente pela hipertrofia da musculatura posterior do pescoço.

  • Escoliose
Leia Também:  Lei das mochilas escolares

É a curvatura lateral da coluna vertebral, podendo ser estrutural ou não estrutural. A progressão da curvatura nesse problema depende, em grande parte, da idade que ela inicia e da magnitude do ângulo da curvatura durante o período de crescimento na adolescência. Esse é o momento onde a progressão do aumento da curvatura ocorre numa velocidade maior. A saúde dos indivíduos durante a fase de crescimento e desenvolvimento possui uma relação direta com as atividades sociais humanas como estudo, ambiente escolar, trabalho, lazer, vida familiar e outros, durante as atividades diárias e respectivas posturas adotadas no dia-a-dia.

Quem já tem esses problemas físicas

Mochilas estão cada vez mais modernas (Foto: Exame/Abril)

Mochilas estão cada vez mais modernas (Foto: Exame/Abril)

Quando o problema já está instalado, existem algumas alternativas para melhorar as dores. É recomendado realizar sessões de fisioterapia, RPG, natação, alongamentos musculares, exercícios físicos e orientações posturais. Em alguns casos é necessário o uso de medicamentos para aliviar as dores. É importante lembrar que cuidando do peso da mochila de seu filho, você vai garantir a saúde dele no futuro.

Leia mais informações sobre: Mochila escolar: peso correto

Como evitar este problema?

Lá no começo citamos algumas medidas básicas e aqui vão outras dicas que você pode aplicar no cotidiano com seu filho.

Atente-se ao comprar bolsas e mochilas (Foto: Exame/Abril)

Atente-se ao comprar bolsas e mochilas (Foto: Exame/Abril)

Primeiro, crianças abaixo dos 10 anos, por exemplo, não precisa carregar tudo na bolsa. De acordo com a grade de aulas, a mãe ou pai pode colocar apenas os itens necessários daquele dia, como livro, estojo de canetinha e outros itens. Outra medida não muito comum nas escolas é o uso de armário, onde o professor da temática acaba cuidando do material dos alunos. Levar o filho na escola, seja de carro ou a pé, é uma boa opção, pois você mesmo pode tirar o peso das costas dele ou dela. O que é pesado pra eles, pode ser bem leve para nós adultos.

Leia Também:  Consumo de gordura pode provocar depressão

Quer mais dicas sobre o tema? Então confira nossos outros artigos sobre este e vários temas, fique bem informado aqui no Mundo das Tribos!

Top