Kléber diz “sim” ao Grêmio, mas ainda espera o aval

Desde que o atacante Kléber foi afastado pelo Palmeiras, após ter discutido com o técnico Luiz Felipe Scolari, o Grêmio se mostrou bastante interessado…

Kléber deve mesmo defender o Grêmio a partir de 2012

Desde que o atacante Kléber foi afastado pelo Palmeiras, após ter discutido com o técnico Luiz Felipe Scolari, o Grêmio se mostrou bastante interessado na contratação do jogador para a próxima temporada. E parece mesmo que o desejo dos tricolores será realizado, já que, nesta terça-feira, o próprio Kléber revelou que aceitou a proposta gremista. “Eu disse ‘sim’ ao Grêmio. Pensei muito e conversei com os meus familiares. A proposta é muito boa. Será uma honra jogar no Grêmio, um clube grande e que está montando uma equipe forte para o ano que vem”, afirmou o atleta, à rádio Gaúcha.

Apesar da confiança de Kléber de que vai defender o clube gaúcho na temporada de 2012, o atacante revelou que o negócio ainda não está 100% fechado. “O Palmeiras aceitou, mas o Cruzeiro está emperrando um pouco a parte que eles têm. Mesmo assim, estou confiante de que tudo vai se acertar logo. Acredito sim que jogarei no Grêmio”, contou o atleta. O impasse existe porque o Palmeiras adquiriu 50% dos direitos federativos de Kléber, deixando a outra metade com o Cruzeiro. Assim, ambos têm que concordar com o negócio para que a transação seja efetuada.

Mesmo com o desejo explicito do Grêmio em contar com o Gladiador em seu elenco, o negócio quase não deu certo por conta de uma proposta do Corinthians à Kléber. Pouco depois de que a diretoria gremista enviou a proposta aos palmeirenses, o presidente corintiano Andrés Sanchez revelou que também gostaria de contar com o Gladiador. Porém, nem mesmo uma suposta proposta do time pelo qual torcia na infância foi suficiente para fazer Kléber rejeitar o contrato oferecido a ele pelo Tricolor gaúcho.

Leia Também:  Universidad de Chile e Vasco jogam por uma vaga na final da Copa Sul-Americana

O atacante está afastado do elenco do Palmeiras há mais de um mês. O fim do casamento com o alviverde aconteceu depois que Kléber e Felipão tiveram um forte desentendimento, com o treinador afirmando que não trabalharia mais com o atleta.

Top