Kit de combate ao bullying Governo de SP

Nesta quarta-feira (15), o Governo do Estado de São Paulo apresentou um kit de combate ao bullying. O material foi desenvolvido em parceria com…

Nesta quarta-feira (15), o Governo do Estado de São Paulo apresentou um kit de combate ao bullying. O material foi desenvolvido em parceria com o Cartoon Network e será distribuído para os membros das escolas, ou seja, professores, diretores e alunos.

O Governo do Estado de São Paulo vai distribuir um kit de combate ao bullying. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Como Evitar Bullying Nas Escolas

Novo kit de combate ao bullying

O kit de combate ao bullying é composto por seis apostilas que abordam o tema de maneira bem didática. O material faz parte da campanha “Chega de Bullying”, que foi criada nos Estados Unidos em 2011. O kit também foi adotado por outros países da América Latina.

As apostilas pretendem orientar os professores sobre como agir em situações de bullying. Elas também esperam conscientizar os alunos sobre o problema e reduzir o número de vítimas nas escolas paulistas. Os kits serão distribuídos em 2014.

As cartilhas que compõem o kit são: Alunos do Ensino Fundamental I, Alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, Pais e responsáveis, Professores do Ensino Fundamental I e Professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio.

Site da campanha “Chega de Bullying”. (Foto:Divulgação)

As ações da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo pretendem mobilizar 4,2 milhões de alunos da rede pública. A ideia é que os estudantes assumam um compromisso contra o bullying e reconheçam que o problema é muito sério.

O conteúdo do kit contra bullying foi elaborado por profissionais especializados no assunto. Para despertar o interesse de crianças e adolescentes, ele conta com exercícios e jogos. Além das tradicionais apostilas, o conteúdo do kit também pode ser encontrado na versão online.

Para ter acesso a versão online do kit contra bullying, clique aqui.

Saiba mais sobre o bullying

O bullying é um problema que afeta milhões de jovens em todo o mundo. Ele não acontece apenas na interação face a face, ou seja, pode se dar através de outros meios, como telefone, cartas e internet. As agressões físicas e verbais também acontecem em diferentes lugares, como escola, ônibus, bairro e até mesmo dentro de casa.

O bullying se manifesta através da violência verbal e física. (Foto:Divulgação)

O indivíduo que sofre com o bullying normalmente é criticado por alguma questão comportamental ou relacionada à aparência. Ele precisa lidar diariamente com ofensas, chantagens, acusações sistemáticas e expressões ameaçadoras. Os casos mais severos de bullying são marcados pela violência, ou seja, envolvem ataques físicos.

O bullying prejudica a formação de crianças e adolescentes. As pessoas que sofreram com este tipo de violência chegam à vida adulta com uma bagagem de traumas, sentimentos negativos e baixa autoestima.

Veja também: Saiba o que fazer se seu filho sofre bullying na escola

Top