Kit anti-halitose: como montar

Quem é que não sente pavor em ter mau hálito? A halitose (como é chamado o problema) pode ter inúmeras causas. Ela prejudica o…

Por Editorial MDT em 22/04/2013

Quem é que não sente pavor em ter mau hálito? A halitose (como é chamado o problema) pode ter inúmeras causas. Ela prejudica o convívio social do indivíduo que, na maioria dos casos, nem sabe que está exalando um cheiro ruim, pela boca. O mal atinge muitas pessoas e pode estar relacionado à falta de higiene ou problemas no organismo.

A halitose é normal, desde que não seja persistente (Foto: Divulgação)

Causas do mau hálito

Todas as pessoas passam por esse problema. A halitose, quando é constante, está relacionada, na maioria das vezes, a problemas internos do corpo. Pessoas que têm intestino preso, por exemplo, podem ter mau hálito. Outras causas podem estar relacionadas a problemas de garganta ou nos dentes, com a concentração de bactérias. A falta de higiene bucal também é um fato muito importante para o surgimento da halitose. Outros fatores, como o jejum excessivo, os temperos da comida e alguns tipos de bebida (principalmente alcóolicas) também causam mau hálito, porém de forma temporária. Mas dá para montar um kit anti-halitose, com tudo que é preciso para evitar o problema, ao longo do dia. Neste caso, os produtos ajudam a evitar o cheiro ruim temporário. Quando o odor é persistente, mesmo que se faça a higiene devida, é preciso procurar um médico.

O jejum excessivo também pode causar halitose (Foto: Divulgação)

Como montar um kit anti-halitose

Coisas básicas para o dia a dia são muito úteis para evitar o mau hálito. Primeiramente, é preciso reservar um nécessaire para carregar tudo que é preciso, dentro da bolsa ou da mochila. A dica é dar preferência àquelas feitas de plástico ou outro material que possa ser lavado, com frequência. Assim, evita-se a proliferação de bactérias, protegendo o que há dentro dela. No kit, é claro, não pode faltar uma escova de dente. Pode ser em tamanho pequeno, para ocupar pouco espaço na bolsa. O creme e o fio dental podem, também, ser pequenos. Toda vez que uma refeição for feita, é indicado fazer a higiene bucal. Restos alimentares causam halitose.

Com o kit, evita-se passar por situações constrangedoras (Foto: Divulgação)

No kit contra mau hálito também deve haver alimentos. Frutas (que devem ser protegidas, num saquinho plástico) ou barrinhas de cereais, bem como biscoitos de água e sal, são opções saudáveis e impedem o jejum por longo tempo (que causa mau hálito). O indicado é comer alguma coisa, a cada três horas. A água também não pode faltar, pois quando a boca fica muito seca, por longas horas, as bactérias aumentam e exalam um cheiro muito ruim. Basta não ficar sem alimentação por muitas horas, manter a boca úmida e limpar os dentes e a língua, que dificilmente a halitose aparecerá. Balas só mascaram o problema e ainda podem piorá-lo. Os chicletes também ajudam a disfarçar, pois estimulam a salivação. Já os enxaguatórios bucais (como o Cepacol) não podem ser usados com frequência, pois ressecam demais a boca, podendo piorar a situação.

Veja mais dicas: Dicas caseiras contra mau hálito

Conheça melhor as causas do problema: As principais causas do mau hálito

Top