Justiça Federal determina que SUS distribua remédios para tratar AVC

Uma liminar da Justiça Federal na capital paulista decidiu que o SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o território nacional passe a oferecer…

Por Editorial MDT em 15/02/2012

Imagem: (Foto Divulgação)

Uma liminar da Justiça Federal na capital paulista decidiu que o SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o território nacional passe a oferecer sem custos e  dentro de um mês, medicamento para o tratamento de AVC (Acidente Vascular Cerebral) isquêmico.

O SUS possui 30 dias para começar a repartição gratuita, em toda a rede pública de saúde, do remédio trombolítico Alteplase, único medicamento acatado no País para o tratamento de AVC isquêmico.

A determinação, rubricada pela juíza federal Tânia Regina Marangoni, tem circunscrição nacional e, foi outorgada fundamentada na “exaustiva comprovação de que o medicamento pode beneficiar o tratamento do AVC, salvando milhares de vidas”.

A ação civil pública com petição liminar foi constituída na Justiça Federal no final de 2011 pelo Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Jefferson Aparecido Dias. Ele fundamentou-se em informações conferidas pela ONS Associação Rede Brasil AVC, que apontaram que a doença é a maior geradora de mortes no Brasil e a principal causa de ineptidão em todo o mundo.

“Cerca de 70% dos pacientes não retornam ao trabalho, mais de 50% ficam com sequelas graves e dependentes de outras pessoas para as atividades básicas da vida diária”, informa a organização.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de 100 mil indivíduos morrem todos os anos no País vítimas de AVC. Desse montante, 43 mil acontecem no sudeste, sendo aproximadamente 21 mil mortes ao ano apenas no Estado de São Paulo.

Top