Jornalista é assinado em bar do Maranhão

Na noite da última segunda-feira, 23 de abril, o jornalista e blogueiro Décio Sá foi executado com seis tiros em um bar da Avenida…

O jornalista foi assassinado possivelmente por denunciar políticos e empresários em seu blog (Foto: Divulgação)

Na noite da última segunda-feira, 23 de abril, o jornalista e blogueiro Décio Sá foi executado com seis tiros em um bar da Avenida Litorânea localizada em São Luís, no Maranhão. O jornalista fazia parte do quadro de funcionários do periódico O Estado do Maranhão, e escrevia especificamente matérias para a editoria de política. Além disso, Décio tinha um blog muito popular sobre o tema. Em seus textos postados na web, o jornalista fazia denúncias contra políticos e autoridades do estado.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) do Maranhão, o assassinato do jornalista ocorreu por volta das 23h30 da segunda-feira. Segundo os primeiros levantamentos da polícia, dois homens chegaram no local, sendo que um entrou no estabelecimento e foi ao banheiro. Quando ele saiu atirou em Décio pelas costas. O jornalista foi acertado por dois projéteis no tórax e quatro na cabeça sem chances de sobreviver.

“Foi um crime encomendado. As pessoas que entraram aqui no bar vieram com a intenção de executar o jornalista Décio Sá. As pessoas que testemunharam o fato disseram que o autor dos disparos não escondeu nem a cara”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, referente ao crime. De acordo com as informações levantadas pela investigação, as balas encontradas no local da execução são de calibre 40, ou seja, de uso exclusivo da polícia.

Por meio de uma nota divulgada à imprensa, o governo do Maranhão classificou o assassinato do jornalista como bárbaro e cruel e garantiu que está tomando as providências para a prisão dos criminosos. Até o momento nenhum envolvido no crime foi preso.

Top