Você está em: MundoDasTribos > Tecnologia> Java Desativado: Plugin Não Confere Segurança Na Web

Java Desativado: Plugin Não Confere Segurança Na Web

Por Isah

O Java é um tipo de linguagem de programação desenvolvido para a criação de softwares. Desde o lançamento em 1995 o conjunto tem se revelado importante para o funcionamento dos computadores. Uma das principais características do Java é o seu potencial para ajuste, que permite execução em diferentes sistemas operacionais. Apesar de ser considerado completo, a segurança digital recomenda que o plugin Java seja desativado.

Depois de muitas pesquisas envolvendo computadores, os especialistas na área estão pedindo para desativar o Java e assim deixar as atividades na internet mais seguras. Há uma grande quantidade de websites que se apropria da linguagem para enganar o internauta e até mesmo lançar conteúdo suspeito na rede. Por outro lado, são poucas as páginas na internet que possuem dependência do plugin Java.

As pessoas que deixam o Java ativado o tempo todo enquanto usa os navegadores para internet correm sérios riscos. A ameaça virtual representada pelos vírus tem afetado o funcionamento do plugin e causado falhas desagradáveis nos computadores. Sem o devido sistema de proteção, o Java se transforma num atalho para os crimes e fraudes na internet.

Um dos pontos desfavoráveis do Java é a atualização automática, que se comporta no sistema de forma inadequada e aumenta as chances de ataques na rede. Há quem alegue que o plugin continua sendo usado pelos sites, mas na realidade a internet se apropria do Javascript para formar o seu conteúdo. Por essas e outras o Java tem sido considerado algo desnecessário, apenas um elemento de risco no acesso a web.

O Java não garante segurança na internet e nem oferece alguma função importante pra o usuário. Desabilitá-lo é uma forma de contribuir com a segurança na rede e se proteger de possíveis invasões. Executar um programa desenvolvido com Java não representa um problema, o que simboliza perigo na verdade é a execução do plugin no nos navegadores.

Através do Java desativado no PC diminui as chances de invasões, cibercrimes e roubo de dados. Ao executar os applets na web o usuário pode correr o risco de acessar um arquivo que não deve e acabar caindo numa armadilha. Por isso é importante ficar atento aos avisos de segurança e tomar cuidado principalmente com os cliques impensados em botões como “Executar”. Uma vez tomada essa atitude com o Java ativado, o PC pode ser infectado.

Além de causar falhas no funcionamento do computador, o Java pode facilitar a instalação de um programa espião que vai buscar os dados bancários do usuário. No ano passado a Microsoft já foi responsável por alertar sobre os ataques ao Java na web e relatou ainda que a incidência é maior do que aos softwares da Adobe. Dessa forma fica claro que os hackers estão aproveitando a vulnerabilidade do plugin para instalações perigosas.

Cada navegador tem uma forma de desativar o Java, por isso é importante conhecer os procedimentos para Firefox, Internet Explorer e Chrome, que aparecem na lista dos principais browsers usados. Às vezes nem mesmo esse tipo de atitude consegue prevenir os ataques, afinal, os hackers montam applets eficientes que nem mesmo o melhor pacotão de segurança consegue evitar um problema.

O procedimento básico para deixar a navegação segura consiste em desativar tudo aquilo que não está sendo usado. Alguns internautas justificam a ativação do plugin devido aos acessos ao internet banking, no entanto as plataformas estão se tornando cada vez mais modernas e seguras sem se apropriar de Java.

Depois de conhecer as orientações a respeito dos perigos do Java na internet, não deixe de se preocupar com as medidas de segurança na internet.

Recomendado para você
Tecnologia

Caricatura Online Grátis – Aprenda a fazer caricatura online!

Tecnologia

Celulares em promoção na Black Friday

Tecnologia

Como criar uma conta no Skype passo a passo

Tecnologia

Facebook login – Como entrar no www.facebook.com

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *