Japão lança roupa íntima que protege contra radiação

Mais de dois anos e meio após os desastres acontecidos na região, a cidade de Fukushima, no Japão, ainda sofre com os efeitos causados…

Mais de dois anos e meio após os desastres acontecidos na região, a cidade de Fukushima, no Japão, ainda sofre com os efeitos causados pelo forte terremoto do dia 11 de março de 2011, que atingiu 8.9 graus na Escala Richter, e foi seguido de um devastador tsunami, que varreu a costa nordeste do país.

O terremoto seguido de tsunami, que arrasou a costa nordeste do Japão em março de 2011, provocou sérios problemas na Usina Nuclear de Fukushima (Foto: Divulgação)

Além das milhares de mortes ocorridas e de todos os danos materiais deixados por essas catástrofes, os moradores de lá também tiveram que lidar com os perigos da radiação liberada devido ao acidente nuclear na Usina de Fukushima, também causado pelo terremoto.

Como a radiação nuclear liberada por causa do desastre na usina e todos os seus efeitos colaterais são assuntos que ainda assustam a quem vive e trabalha na região, uma empresa japonesa resolveu investir na produção de roupas íntimas que protegem contra a radiação.

Cueca japonesa à prova de radiação

As peças criadas pela Yamamoto Corporation prometem proteger a população dos perigos da radiação liberada pela usina (Foto: Divulgação)

Na tentativa de minimizar os temores da população japonesa, a empresa Yamamoto Corporation criou uma linha de roupas íntimas, produzidas com tecido especial que tem a capacidade de bloquear os efeitos nocivos da radiação.

A linha, composta por cuecas e peças que lembram roupas de mergulho, é feita de um tipo de borracha sintética especial, que segundo a fabricante, protege os usuários da radiação beta e dos raios gama, sendo muito útil tanto para os moradores da região atingida quanto para os funcionários que trabalham nas proximidades da usina e ficam expostos a tais perigos.

A “cueca japonesa à prova de radiação” protege os órgãos sexuais, a parte inferior do abdômen e algumas partes da coluna, suscetíveis aos raios gama, evitando a infertilidade e outros tipos de problemas. Já o traje que tem aparência de roupa de mergulho possui carbono emborrachado concentrado, para bloquear os raios beta presentes na água contaminada, evitando o contato direto do líquido com a pele.

Preços

Além das peças íntimas, há um traje mais completo, que protege o usuário do contato com a água contaminada (Foto: Divulgação)

Os cidadãos comuns e as pessoas que estão trabalhando na reconstrução da região de Fukushima, que quiserem contar com essa proteção extra contra a radiação, terão que desembolsar o equivalente a R$ 1.700,00 pela “cueca anti radioativa” ou R$ 2.100,00 pelo traje completo.

De acordo com a Yamamoto Corporation, as roupas são leves e flexíveis, apesar de utilizarem tecidos pesados na fabricação, possibilitando aos trabalhadores exercer as suas funções sem maiores problemas e com segurança.


Top