Isenção de vistos para países Europeus

Os brasileiros interessados em fazer uma viagem de curta duração para a Europa contarão com mais facilidades. O Governo brasileiro chegou a um acordo…

Por Isabella Moretti em 09/10/2012

Os brasileiros interessados em fazer uma viagem de curta duração para a Europa contarão com mais facilidades. O Governo brasileiro chegou a um acordo com a União Europeia para determinar a isenção de vistos para países europeus, exceto em casos de viagens para Irlanda e Reino Unido.

Decreto determina que brasileiro pode viajar para determinados países europeus sem visto. (Foto:Divulgação)

O decreto, assinado pela presidente Dilma Rousseff e que fala a respeito da isenção do visto em países europeus, foi divulgado no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (8).

Como funciona a isenção de visto europeu?

A nova medida vale para 25 países europeus, que poderão ser escolhidos como destinos dos brasileiros sem a necessidade de solicitar o visto. É importante lembrar também que o documento só é dispensado em casos de viagens com no máximo três meses de duração. Embora o texto do acordo determine este prazo, é possível estendê-lo até seis meses a partir de negociações com as autoridades do país em questão.

O acordo que determina a isenção do visto possui nove artigos com temas específicos, como o intercâmbio de informações e a permanência do estrangeiro no país. Como a medida é recíproca, também vale para os europeus que decidirem fazer uma viagem de curta duração para o Brasil.

Saiba mais: Quais países que exigem visto

25 países da União Européia participam do acordo. (Foto:Divulgação)

A União Europeia é um bloco político e econômico formado por 27 países: Áustria, Bélgica, Bulgária, o Chipre, a República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Letônia, a Lituânia, Luxemburgo, Malta, os Países Baixos, a Polônia, Portugal, a Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Irlanda e o Reino Unido. Destas nações, somente as duas últimas não estão participando do acordo.

A isenção do visto é válida para viagens a turismo, para visitar parentes e para participar de encontros profissionais, como reuniões e conferências. O brasileiro que pretende participar de um congresso em um país europeu que integra o acordo também não precisa se preocupar com visto.

Embora o acordo tenha sido publicado hoje no Diário Oficial, ele já tem sido alvo de debates há algum tempo e começou a valer em 2010, para todos os países do bloco. No entanto, foi necessário reformular o acordo devido à inclusão de novos países (Malta, Estônia, Chipre e Letônia).

Nova medida promete facilitar as viagens para a Europa. (Foto:Divulgação)

Leia na íntegra o que diz o acordo acessando a página da Imprensa Nacional.

E o visto para os EUA?

A isenção do visto vale apenas para os países europeus, mas houve uma melhora significativa na concessão de vistos pelos Estados Unidos para os brasileiros. Em um ano, as autorizações subiram 24%. A média de pedidos diários do documento de entrada em território norte-americano também aumentou.

Veja também: Agendamento de visto pela internet

Top