IR: Dicas para evitar a malha fina

A Receita Federal definiu as regras para o imposto de renda 2013. O programa para declarar o IR já está disponível no site oficial…

A Receita Federal definiu as regras para o imposto de renda 2013. O programa para declarar o IR já está disponível no site oficial do órgão de fiscalização. Os contribuintes terão o prazo de 1º de março a 30 de abril para enviar a declaração. Quem não respeitar o período pode acabar pagando multa equivalente ao atraso.

Um dos principais medos do contribuinte é de cair na malha fina. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Malha Fina Imposto de Renda

O risco da malha fina

Um dos maiores medos de quem declara imposto de renda anualmente é acabar caindo na malha fina. Este tipo de problema acontece quando o fisco identifica alguma irregularidade na declaração e não aceita o documento.

O contribuinte cai na Malha Fina quando a Receita Federal encontra informações inconsistentes ou erros de preenchimento na declaração. A correção pode ser feita pelo próprio contribuinte, através da retificação. Se o documento não for retificado, a Receita pode intimar o cidadão para uma prestação de contas.

Como não cair na malha fina: dicas

Veja a seguir algumas dicas para evitar erros na hora de fazer a declaração e não acabar caindo na malha fina:

• Para declarar o IR, tenha toda a documentação necessária em mãos;

• Quem investe na bolsa de valores deve declarar os ganhos;

• Na hora de preencher os campos dos rendimentos recebidos, é importante tomar cuidado para não cometer erros de digitação ou calcular errado;

• Informe apenas as despesas amparadas por documentos capazes de comprovar os gastos;

• Cuidado para não informar incorretamente os valores de rendimento e CNPJ. Os contribuintes que caem na malha fina costumam cometer este tipo de erro;

É importante não omitir informações do fisco. (Foto:Divulgação)

• Não é certo omitir informações do fisco, ou seja, deixar de informar os rendimentos recebidos durante o ano;

Continuar Lendo  Santander corta juros para pessoa física e empresas

• Informar dependentes sem ter relação de dependência também é um erro que pode fazer o contribuinte cair na malha fina;

• Deixar de informar os rendimentos de aluguel recebido também é uma forma de sonegar impostos, então deve ser evitada na declaração;

• Não informar despesas médicas diferentes dos recibos;

• Os rendimentos recebidos pelos dependentes também devem ser informados;

• Se o seu patrimônio aumentou expressivamente de valor, a origem do dinheiro deve ser informada na declaração de IR;

Em casos de erros ao declarar IR, a correção deve ser feita imediatamente pela internet. (Foto:Divulgação)

• Ao perceber um erro na declaração enviada para a Receita, a retificação deve ser realizada imediatamente pela internet;

• É importante não deixar para fazer a declaração de imposto de renda na última hora, caso contrário aumentam as chances de erros e as dificuldades para corrigir as informações;

• Antes de enviar a declaração de IR para a Receita Federal, é importante conferir as informações.

Veja também: Erros mais comuns ao fazer declaração de IR

Top