Inundações na Tailândia já deixaram 315 mortos

As chuvas devastadoras que atingem a Tailândia há 4 meses já deixaram cerca de 315 mortos segundo uma nota emitida nesta terça-feira (18) pelas autoridades locais. A maior preocupação do país é que as inundações cheguem até Bangcoc, capital do país. A proteção está sendo intensificada na cidade, diante do avanço das águas pelo lado norte.

Para impedir que as inundações causem estragos a Bangcoc, que possui cerca de dez milhões de habitantes, o Exército junto ao apoio de servidores públicos e voluntários, criaram uma faixa de seis quilômetros de extensão com mais de 1,2 milhão de sacos de areia.

Diante de tal temor e agravamento da crise, a primeira-ministra tailandesa, Yingluck Shinawatra, marcou para a tarde de hoje (18) uma reunião de urgência de seu Gabinete, a fim de tratar medidas adicionais e discutir perdas econômicas.

Bangcoc contribui com 41% do Produto Interno Bruto (PIB) da Tailândia, e caso for atingida pode proporcionar enormes danos na economia nacional. O Governo analisa aumentar o déficit fiscal em 14% (US$ 13 bilhões) para o ano fiscal iniciado em 1° de outubro.

As inundações já comprometeram 1,7% do PIB tailandês para este ano. A Federação de Indústrias Tailandesas acredita que as perdas deixadas pelas águas ascendem a 190 bilhões de baht (cerca de 6,2 bilhões de dólares.)

Reply