domingo, 14 de agosto de 2022 - 14/08/2022 16:17:10
MundodasTribos

Realmente, a questão intestino desregulado, pode causar alguns desconfortos como gases, dores abdominais e até doenças que como hemorróidas e câncer. Viu só como pode ser grave deixar de lado esse problema!

Mas algumas atitudes ajudam na busca do equilíbrio, veja:

– Mantenha uma alimentação balanceada

– Consuma alimentos ricos em fibras, como vegetais, sementes, frutas, farelos, pão integral;

– Beba bastante água, no mínimo dois litros por dia;

– Tenha o hábito de praticar exercícios físicos, pelo menos uma caminhada de 30 minutos por dia;

– Caso a alimentação esteja pobre em nutrientes ou com muitos produtos secos, aposte na sua reeducação alimentar;

– Estipule horários para as refeições e consuma os alimentos com calma, mastigando-os devagar;

– Contenha o consumo de alimentos fermentativos;

E outra ajuda é o consumo de azeite, que auxilia nos movimentos realizados pelo intestino para liberar o bolo fecal, facilitando a sua eliminação.

O que este artigo aborda:

Quais as causas e sintomas da constipação intestinal?


A prisão de ventre pode se manifestar por diversas razões, inclusive pelos hábitos de vida. Uma pessoa que não tem uma alimentação saudável ou que não se exercita aumenta as chances de desenvolver o problema com mais freqüência. A baixa ingestão de líquidos e o consumo limitado de fibra alimentar são alguns fatores que resultam na constipação.

O problema popularmente chamado de intestino preso também se manifesta devido à ingestão de determinados medicamentos, situações psicológicas como depressão ou pelo estreitamento do intestino grosso. Muitas meninas que sofrem com a prisão de ventre na adolescência consomem laxante para acabar com o inchaço, no entanto esse tipo de atitude pode ter sérias complicações.

Uma média de 15% da população sofre com o clássico problema do intestino preso, sendo a maioria mulheres. Quem tem constipação acaba normalmente ficando irritado, pode ser prejudicado na vida social e até desenvolver outras doenças mais sérias e dolorosas, como é o caso da fissura anal.

Logo que os primeiros sinais da prisão de ventre aparecerem, a pessoa precisa melhorar seus hábitos de vida para procurar resolver o problema. Caso isso não tenha efeito, é recomendado procurar ajuda médica antes de recorrer à automedicação. Entre os sintomas típicos do intestino preso, destacam-se: dores pelo esforço ao evacuar, poucas fezes e também a formação de fecaloma, que consiste no endurecimento das fezes e conseqüentemente dificuldades para eliminá-la.

Antes de propor um tipo de tratamento para o indivíduo que sofre de prisão de ventre, o médico precisa realizar uma série de exames para estar seguro do seu diagnóstico. É dessa forma que ele consegue subsídios o suficiente para receitar medicamentos. Em todo caso, um concentrado de fibras é uma ótima solução para melhorar o funcionamento do intestino.

As fibras são totalmente benéficas para a saúde, pois além de equilibrar as funções intestinais, também ajudam a controlar doenças como diabete e colesterol ruim. Adicionar ao cardápio diário alimentos com fibra alimentar pode ser a solução para um caso de prisão de ventre simples.

Depois de conferir as dicas de como prevenir intestino preso, reformule os seus hábitos de vida ou procure ajuda médica.

O conteúdo "Dicas contra Intestino Preso" foi feito por Redacao e distribuído por MundodasTribos na categoria Saúde em . Conteúdo atualizado em .

Redacao

Redação Mundo das Tribos.

1

Pode ser do seu interesse

Depressão Infantil Fique Atenta aos Sintomas

Depressão Infantil Fique Atenta aos Sintomas

Lipoaspiração em Clinicas de Campinas SP

Lipoaspiração em Clinicas de Campinas SP

Bebês que nascem de pais mais velhos correm risco de ter autismo

Bebês que nascem de pais mais velhos correm risco de ter autismo

Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro, aponta estudo

Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro, aponta estudo

Saiba o que fazer em casos de virose

Saiba o que fazer em casos de virose

O jeito certo de medir a pressão em casa

O jeito certo de medir a pressão em casa