Internet sem fio grátis em aeroportos do brasileiros apresenta problemas

A oferta de internet sem fio nos aeroportos deixou os passageiros muito contentos, pois passaram a ficar conectados de graça, podendo resolver assuntos de…

Por Élida Santos em 19/04/2012

Em alguns casos o serviço estava fora do ar (Foto: Divulgação)

A oferta de internet sem fio nos aeroportos deixou os passageiros muito contentos, pois passaram a ficar conectados de graça, podendo resolver assuntos de trabalho e até mandar notícias para a família. O problema é que a conexão não anda muito bem das “pernas”. As pessoas que tentaram se conectar encontraram muitos empecilhos. Em levantamento realizado por veículos de comunicação, cerca de 34 pessoas foras escutadas, sendo que somente 50% conseguiram usar a internet (com acesso limitado em alguns casas, sem conseguir ver vídeos) Wi-Fi nos aeroportos.

A Infraero promete ajustar o serviço e melhorar o acesso a internet nos aeroportos (Foto: Divulgação)

O maior problema com relação a esse serviço foi encontrado no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, onde o sistema simplesmente não funcionou durante as duas visitas de averiguação realizadas pelo veículo de comunicação. A internet sem fio também apresentou limitações no Santos Dumont, no Rio de Janeiro, onde 80% dos passageiros que participaram do levantamento não conseguiram entrar na internet. Nos aeroportos do Recife e de Congonhas (em São Paulo), 60% das pessoas escutadas não conseguiram usar o serviços. Os usuários também reclamaram da velocidade do sinal oferecido e de complicações para liberar o acesso.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) disse que o projeto ainda está em fase “operação assistida”, ou seja, que passará por ajustes operacionais e técnicos de acordo com os resultados obtidos nessa fase. “Por se tratar de um projeto inédito, há detalhes técnicos que estão sendo observados/melhorados para ofertar ao passageiro serviços confiáveis e de qualidade”, explicou em uma nota divulgada pela companhia. De acordo com a Infraero, é importante que os passageiros procurem a ouvidoria do órgão para reclamar quando houver problemas com o acesso a internet, e quando a oferta for definitiva, serão realizadas avaliações regulares para garantir a qualidade dos serviços prestados.

Top