Internet Explorer monitora movimentos do mouse

Uma notícia divulgada por duas empresas estrangeiras, cuja maior especialidade é a segurança na internet, pegou de surpresa e deixou assustados os usuários do…

Por Andre em 14/12/2012

Uma notícia divulgada por duas empresas estrangeiras, cuja maior especialidade é a segurança na internet, pegou de surpresa e deixou assustados os usuários do Internet Explorer, navegador desenvolvido pela Microsoft, que está entre os mais utilizados em todo o mundo.

Duas empresas especializadas em segurança descobriram a falha no navegador da Microsoft (Foto: Divulgação)

É que o browser permite a monitoração de cada movimento do mouse realizado nos computadores em que está instalado, desde que o programa esteja aberto, mesmo que de forma minimizada, algo que pode trazer vários riscos à segurança dos internautas que têm o Internet Explorer como o seu principal navegador.

E para deixar os usuários do browser da Microsoft ainda mais ressabiados, as empresas que descobriram a vulnerabilidade afirmaram que a gigante da informática tem pleno conhecimento sobre essa falha, já que foi comunicada por elas no último mês de outubro, mas não tomou nenhuma atitude para resolvê-la, pelo menos até agora.

Deixando o browser mais rápido: Adware e Propagandas: como remover do navegador

Como acontece o monitoramento

Conforme a Spider.io, uma das empresas que relatou essa vulnerabilidade do Internet Explorer, o monitoramento dos movimentos do mouse acontece sem que o usuário necessite instalar ou autorizar qualquer programa, facilitando a ação de pessoas que queiram roubar dados de terceiros.

Para que o golpe aconteça, basta que o cibercriminoso coloque um anúncio publicitário em qualquer site e que o usuário o acesse usando o Internet Explorer. A partir daí, de acordo com as explicações da Spider.io, todos os movimentos feitos com o mouse poderiam ser rastreados, enquanto o navegador estivesse aberto, conforme você pode ver no vídeo demonstrativo acima.

Assumindo a liderança: Google Chrome é o navegador mais utilizado no Brasil

Ameaças à segurança do usuário

A falha foi detectada nas versões 6, 7, 8, 9 e 10 do Internet Explorer (Foto: Divulgação)

A falha, que segundo a empresa acontece nas versões 6, 7, 8, 9 e 10 do Internet Explorer, pode fazer com que, em casos extremos, por exemplo, criminosos virtuais tenham acesso a dados digitados em teclados virtuais, como números de cartão de crédito, senhas de banco, etc.

Os teclados virtuais são muito utilizados em sites de bancos, quando você vai acessar a sua conta para conferir saldos e extratos ou fazer algum tipo de movimentação financeira, justamente para evitar que programas maliciosos capturem os dados digitados pelos usuários.

A Microsoft, até o momento, não se pronunciou a respeito dessa falha.

Fontes: Terra e Tecmundo

Top