Inscrições para os Cursos da Bolsa-Formação em 79 Cidades Brasileiras

Com o objetivo de formar profissionais para atuar com hospitalidade e lazer o Ministério da Educação (MEC) irá favorecer vagas para Bolsa-Formação, em 79…

O programa abrange cursos na área de atendimento, como por exemplo, garçom (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de formar profissionais para atuar com hospitalidade e lazer o Ministério da Educação (MEC) irá favorecer vagas para Bolsa-Formação, em 79 cidades brasileiras, que se organizam para a Copa do Mundo de 2014. O projeto cobre os gastos com transporte e alimentação dos alunos. O investimento será feito por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que tem como intuito a expansão, interiorização e democratização da oferta de cursos de formação técnica de nível médio junto aos estados, Distrito Federal e Municípios.

O Pronatec está promovendo os cursos em 79 cidades do Brasil (Foto: Divulgação)

No último bimestre de 2011, o governo federal investiu através desse projeto R$ 458 milhões em 23 instituições de ensino técnico e profissionalizante. Neste mês, passou a oferecer a Bolsa para cursos técnicos de curta duração e de formação inicial e continuada (FIC), direcionados para os futuros profissionais que trabalharão durante os jogos. Os técnicos poderão atuar nas cidades que vão sediar os jogos da Copa: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

O Pronatec na Copa não é a único meio de promoção de Bolsa-Formação a ser proporcionado pelo MEC. Há outras modalidades como a de Inclusão Produtiva, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a de Soldado-Cidadão (com o Ministério da Defesa) e Bolsa-Formação Trabalhador e Estudante.

A área de turismo, como recepcionista de hotel, também faz parte do Pronatec (Foto: Divulgação)

A seleção é feita pelas próprias escolas públicas estaduais, nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e em Serviços Nacionais de Aprendizagem, a exemplo do Senai e do Senac. Até mesmo quem já terminou o ensino médio pode participar do Programa na modalidade Bolsa-Formação Trabalhador, para cursos de menor tempo de conclusão, cerca de 160 horas-aula.

Leia Também:  Curso de Inglês nas Férias no Canadá

Já a Bolsa-Formação Estudante é voltada para cursos técnicos, de pelo menos 800 horas-aula. Os beneficiados são alunos do ensino médio público. Para conhecer os cursos promovidos pelo Pronatec acesse o site http://pronatecportal.mec.gov.br/index.html. No mesmo endereço eletrônico é possível ter informações sobre o meio de inscrição, que varia de acordo com a instituição parceira do programa que oferta as aulas gratuitas.

Top