Ingressos mais baratos para copa do Brasil 2014

Na última terça-feira, 8 de novembro, o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, confirmou durante uma reunião da comissão responsável por…


Na última terça-feira, 8 de novembro, o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, confirmou durante uma reunião da comissão responsável por analisar a Lei Geral da Copa na Câmara dos Deputados, que tem como objetivo criar uma categoria para vender ingressos com valores menor. Esse grupo será chamado de “categoria 4”.

De acordo com Valcke,  as entradas para o torneio de futebol que será realizado em 2014, no Brasil, dessa categoria custarão cerca de US$ 25,00; ou seja, R$ 44,00. O valor popular estimado pode variar de acordo com a cotação do dia. Poderão comprar ingressos, desse segmento, estudantes, idosos e pessoas de baixa renda. A criação da “categoria 4” tem por objetivo dar acesso a pessoas que teoricamente teria dificuldades de adquirir um ingresso, se não fosse o preço popular.

A Copa do Mundo de Futebol de 2014, ainda está fase de reforma e construção de estádios, mas o preço dos ingressos já causa mal-estar entre os envolvidos na organização do torneio. De acordo com a Lei Geral da Copa, encaminhada para votação no Congresso Nacional, pela presidente Dilma Rousseff, a decisão sobre o custo das entradas dos jogos cabe exclusivamente a Fifa.

Outra polêmica, com relação ao valor a ser cobrado pelas entradas da Copa do Mundo, envolve o possível pagamento de meia-entrada por parte dos idosos.  Alguns partidos e instituições não governamentais defendem o pagamento parcial da entrada pelos idosos e também, por estudantes. No caso dos estudantes algumas leis municipais não obrigam a cobrança de somente 50% da entrada em estádios, porém, um projeto de lei que está no Senado pretende determinar a cobrança parcial para os estudantes que comprarem ingressos para a Copa do Mundo, sediada no Brasil.

Leia Também:  Pacote para ver todos os jogos do Brasil na Copa

O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol criticou a cobrança de meia-entrada e se justificou dizendo que esse tipo de beneficio não beneficia os mais pobres. Valke disse, ainda, que a Fifa pretende criar regras que evite a venda de ingressos por cambistas, além de evitar que os ingressos do setor 4, sejam comercializados no mercado paralelo, por valores elevados. Os ingressos para o torneio custarão até US$ 2,3 milhões, dependendo do local do espaço. Nesse caso, o local escolhido será uma ampla área exclusiva, com vista privilegiada.

Top