Ingestão de chá verde atenua deficiências em idosos, diz estudo

Idosos que usualmente tomam chá verde podem continuar mais habilidosos e independentes com o passar do tempo, do que aqueles que não tomam, de…

Por Editorial MDT em 07/02/2012

Imagem: (Foto Divulgação)

Idosos que usualmente tomam chá verde podem continuar mais habilidosos e independentes com o passar do tempo, do que aqueles que não tomam, de acordo com uma pesquisa japonesa, publicada no American Journal of Clinical Nutrition.

O chá verde possui substâncias antioxidantes que ajudam a evitar os agravos celulares que podem importunar doenças. Os estudiosos estão analisando as consequências do chá verde em tudo, do colesterol ao risco de certos tumores, com decorrências compostas até o momento.

Os especialistas acompanharam pouco mais de 14.000 pessoas a partir de 65 anos, ao longo de três anos. Neste intervalo, foi descoberto que aqueles que tomaram mais chá verde eram menos predispostos a desenvolver “incapacidade funcional”, ou problemas com atividades cotidianas e necessidades básicas, como escovar os dentes e tomar banho.

Pouco menos de 13% dos participantes que tomaram menos de uma xícara de chá verde diariamente tornaram-se funcionalmente incapacitados, em relação aos 7% dos indivíduos que tomaram pelo menos cinco xícaras ao dia.

“O consumo de chá verde está associado de forma significativa a um menor risco de incapacidade funcional incidente, mesmo após o ajuste para possíveis fatores de confusão”, disse Tomata.

Aqueles que tomam chá verde, geralmente, possuem dietas balanceadas, incluindo mais peixe, vegetais e frutas, o que reduz ataque cardiácos e acidente vascular cerebral. Além disso, eles tendem a ser mais ativos socialmente e a apresentar mais amigos e familiares por perto.

As pessoas que tomam no mínimo cinco xícaras diariamente apresentaram um redução na probabilidade de desenvolver falhas do que aquelas que tomam menos de uma xícara ao dia.

Apesar de não estar totalmente esclarecido como o chá verde por proporcionar uma defesa contra a incapacidade, os pesquisadores notaram que uma atual pesquisa descobriu que extratos do chá verde pareciam somar a força muscular na perna em mulheres mais velhas.

Ainda que o chá verde e seus extratos sejam considerados seguros em pequenas porções, eles possuem cafeína e pequenas quantias de vitamina K, o que pode intervir com remédios que previnem a coagulação sanguínea.

Top