Infecção urinária: mitos e verdades

A infecção urinária é um sério problema de saúde, que afeta tanto crianças como adultos e pode ser desencadeado por inúmeros fatores. O assunto…

Por Editorial MDT em 26/10/2013

A infecção urinária é um sério problema de saúde, que afeta tanto crianças como adultos e pode ser desencadeado por inúmeros fatores. O assunto é cercado de informações equivocadas, que podem atrapalhar a vida de pessoas mais desavisadas, por retardar o diagnóstico e a tratamento adequado do problema. Fique por dentro do assunto e confira os principais mitos e verdades sobre a infecção urinária.

A infecção urinária é um problema bastante comum. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre infecção urinária

  • Toda vez que se sente dor e ardência para urinar significa que está com infecção urinária

Mito. De acordo com os últimos estudos sobre o assunto, apenas 20% dos casos de ardor e dor ao urinar correspondem realmente a situações de infecção urinária, enquanto o restante não apresenta nenhum tipo de alteração no exame de urina que comprove a infecção. Algumas situações que podem desencadear esse tipo de sintoma são infecções ginecológicas, trauma na região genital e até mesmo a irritação por substâncias químicas.

  • Segurar o xixi pode levar à infecção urinária

Verdade. É muito importante esvaziar a bexiga sempre que sentir a menor vontade de ir ao banheiro. O costume de segurar o xixi, bastante comum entre algumas mulheres, é muito perigoso, pois a urina serve como um meio de cultura, onde as bactérias podem se multiplicar com facilidade.

  • Problemas ginecológicos não estão relacionados com as infecções de urina

Mito. Mulheres que apresentam infecções ginecológicas recorrentes apresentam uma chance muito maior de sofrerem uma infecção urinária, pois a proximidade da vagina com a uretra e o ânus facilita a contaminação e funciona como foco infeccioso.

Nem sempre a dor para urinar é sintoma de infecção urinária. (Foto: divulgação)

  • É recomendado fazer xixi depois do sexo

Verdade. O simples cuidado de urinar depois de realizar um carinho mais íntimo com o parceiro é capaz de remover as possíveis bactérias que penetrariam no sistema urinário através da uretra e bexiga.

  • Lubrificantes na hora do sexo podem favorecer a infecção urinária

Mito. Na verdade o uso de lubrificantes a base de água podem ajudar a prevenir esse tipo de problema, uma vez que manter relações sexuais com a vagina pouco lubrificada resulta em traumas na uretra, favorecendo quadros infecciosos.

  • Uma higiene íntima mais completa após as evacuações previne infecção de urina

Verdade. Substituir o uso do papel higiênico por uma lavagem com água e sabão, após cada evacuação, é uma medida que diminui muito o risco de complicações, pois elimina os microrganismos presentes no período e que poderiam invadir a uretra e chegar até a bexiga.

O hábito de urinar após a relação sexual diminui as chances de desenvolver a doença. (Foto: divulgação)

A infecção de urina é um problema capaz de afetar pessoas de todas as idades, mas é muito mais comum entre as mulheres. Existem várias informações equivocadas sobre o assunto, que podem acabar confundindo e colocando a saúde em risco, e por isso vale a pena conferir alguns mitos e verdades sobre a infecção urinária.

Top