Inadimplência do consumidor tem queda de 1,4% em março

Inadimplência do consumidor tem queda de 1,4% em março

O Indicador de Probabilidade da Inadimplência do Consumidor, publicado nesta semana pela Serasa Experian, teve uma queda de 1,4% em março em comparação ao…

Por Editorial MDT em 22/05/2012

O Indicador de Probabilidade da Inadimplência das Empresas apontou crescimento de 0,8% no mesmo mês.

O Indicador de Probabilidade da Inadimplência do Consumidor, publicado nesta semana pela Serasa Experian, teve uma queda de 1,4% em março em comparação ao mês de fevereiro que alcançou 98,2 pontos. O abatimento estende a série de quedas iniciadas no terceiro trimestre do ano passado, e adverte que a inadimplência dos consumidores estará menor no segundo semestre em relação aos níveis apresentados nos primeiros seis meses.

De acordo com a declaração divulgada à imprensa, esse processo de redução será amparado pelo menor ritmo de crescimento do endividamento do consumidor, maior exatidão na concessão de crédito por parte das agências bancárias e sequência dos ganhos salariais acima da inflação. O indicador procura prever, num intervalo de seis meses, em que etapa dos ciclos de crescimento e retração a inadimplência se encontra.

Lei mais: Governo diminui IPI de carros e divulga medidas que estimulam consumo

Já o Indicador de Probabilidade da Inadimplência das Empresas apontou crescimento de 0,8% no mesmo mês. O resultado é a menor porcentagem de ampliação em seis meses, indica para uma desaceleração da inadimplência de pessoas jurídicas.

“O lento processo de reativação do crescimento econômico, o nível ainda elevado da inadimplência dos consumidores e a fraca conjuntura internacional tenderão a manter pressionado o nível de inadimplemento das empresas ao longo dos próximos meses”, afirma em nota, a Serasa Experian.

Top