Idosos e crianças: cuidados na decoração

Os cuidados para planejar a decoração precisam ser redobrados quando existem crianças e idosos em casa. Os ambientes residenciais não devem criar riscos para…

A casa de idosos e crianças necessitam de cuidados especiais para não aumentar as chances de acidentes.

Os cuidados para planejar a decoração precisam ser redobrados quando existem crianças e idosos em casa. Os ambientes residenciais não devem criar riscos para a rotina dos moradores, por isso cada mudança realizada requer análises para não comprometer os critérios de segurança.

A decoração de cada cômodo da casa requer adaptações, ou seja, mudanças positivas para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos moradores. Mesmo com idade avançada, o idoso precisa se sentir seguro para circular pelos ambientes e realizar suas atividades. O critério também se aplica a uma criança, que pode facilmente sofrer acidente doméstico quando exposta a uma situação de risco.

Adaptar a decoração aos idosos e crianças é, na verdade, reduzir as possibilidades de incidentes dentro de casa. As adequações começam desde o momento da construção quando algumas estruturas precisam ser evitadas e outras inseridas em prol da segurança dentro da residência. Em seguida, os cuidados são mantidos para definir móveis, acessórios e revestimentos.

Decoração de casa com idosos e crianças: dicas

Banheiro adaptado para idosos.

Estima-se que, em 2025, a população idosa no Brasil será de 22%, o que aumenta a necessidade de construir casas seguras e preparadas para as necessidades especiais dos mais velhos. Tudo indica também que as crianças estão ficando mais audaciosas, ou seja, qualquer brincadeira com um pouco mais de adrenalina pode oferecer riscos.

Confira a seguir como adequar à casa a idosos e crianças:

1. Ao desenvolver o projeto da casa, é importante evitar a instalação de escada caracol para ligar o piso inferior ao superior. Prefira adotar um modelo mais seguro, sem tantas curvas que possam interferir no equilíbrio do idoso ou da criança.

Leia Também:  Manteiga pode não ser a mais indicada para comer com pão, diz pesquisa

2. O banheiro se destaca como um dos lugares da casa que mais necessita de adaptações, sobretudo para garantir a segurança da terceira idade. Recomenda-se a instalação de barras de segurança no box e vaso sanitário, além de iluminação na entrada e piso antiderrapante. Medidas como estas evitam que a área sanitária se transforme em um lugar propício para quedas.

Os móveis com quinas não podem estar presentes na decoração.

3. Na escolha dos móveis, é importante evitar as peças que possuem quinas porque causam batidas com mais facilidade. Os itens mobiliários de vidro ou aço inox devem ser evitados na decoração, afinal, eles são normalmente afiados e causam cortes com facilidade. Além de uma mobília com estrutura segura, também é fundamental contar com prateleiras fixadas bem no alto, para armazenar os utensílios que não podem ficar ao alcance de crianças.

4. As tomadas da casa devem ficar sempre no alto, pelo menos de 1 a 1,20 m do chão.

5. Para evitar quedas na escada, se preocupe em construir um corrimão reforçado e usar fita antiderrapante nos degraus.  

Aproveite as dicas para tornar a residência mais segura, confortável e agradável.

Top