Idosos: conviver e lidar com a terceira idade, saiba mais

A terceira idade é a parcela da população que mais cresce no Brasil e em vários países do mundo. O principal motivo desse fenômeno…

Por Redacao em 03/10/2011

A terceira idade é a parcela da população que mais cresce no Brasil e em vários países do mundo. O principal motivo desse fenômeno é a estabilidade financeira aliada à elevação da qualidade de vida em muitos locais. Mas, apesar de todos os avanços da modernidade, ficar mais velho e manter a saúde física e mental ainda é um dos maiores desafios na vida de muitas pessoas.

A alta incidência de doenças graves como as cardiovasculares, osteoporose, doença de Alzheimer ou de Parkinson faz com que sejam necessários cuidados especiais e permanentes. Outros aspectos também influenciam na longevidade: a perda de memória; a morte de pessoas próximas; a dependência financeira e os problemas de saúde tornam comum a ocorrência de depressão e outros males.

Por esses motivos é preciso estar preparado pala lidar com esta fase da vida da melhor maneira possível. Erra o idoso que pensa que por ter idade avançada não há mais nada a fazer. Nos últimos anos os idosos são aqueles que mais têm viajado, mais tem comprado pela internet e alguns mais ousados voltaram até a estudar e ingressaram em instituições de ensino de nível superior.

Novos hábitos e iniciativas

Uma forma de lidar com a terceira idade é evitando o isolamento. Muitas vezes o idoso se sente inútil e em segundo plano, isso porque, sua família geralmente tem suas próprias obrigações e possuem um tempo reduzido para dar atenção a esses senhores. Isso faz com que eles se sintam solitários. Uma dica para combater este mal que pode levar até a depressão é procurar uma distração com grupos de mesma faixa etária. Na maioria dos bairros existem atividades organizadas pela prefeitura ou por igrejas que visam a integração e socialização do idoso.

Essa pessoa também pode procurar ter um hobby, participar de passeios e outras atividades que melhorem sua auto-estima e lhe causem bem estar.

A prática de exercícios físicos também é essencial para prolongar a saúde e aumentar sua qualidade de vida. Musculação, hidroginástica e caminhadas são bons para reduzir a ansiedade, a depressão e melhorar a força do idoso, além de que promovem uma interação social fundamental para  manter a mente saudável.

Dentre os conselhos para aprender a conviver com a terceira idade o principal está na aceitação. Muitas vezes essa pessoa não admite que esteja envelhecendo e por isso ignora as transformações em seu corpo e não busca os meios para prevenir doenças e  melhorar algumas funções diminuídas nesta fase da vida.

A família

É importante destacar que a família tem um papel fundamental. No núcleo familiar o  integrante da terceira idade deve ser incentivado nas suas atividades, respeitado, acolhido, ouvido e incluído nos projetos e atividades em família. A família também deve prestar atenção ao humor e a disposição destas pessoas, para que qualquer indício de depressão seja rapidamente diagnosticado e tratado.

Top