Horários de trabalho flexíveis: como lidar

Muitas mudanças têm acontecido em empresas e outras instituições, em relação aos horários de trabalho de seus funcionários. Jornadas longas e ininterruptas, estabelecidas para…

Muitas mudanças têm acontecido em empresas e outras instituições, em relação aos horários de trabalho de seus funcionários. Jornadas longas e ininterruptas, estabelecidas para a execução das tarefas, num mesmo local e em horários fixos estão, aos poucos, sendo substituídas por outras formas de trabalho. Já existem incontáveis estudos, comprovando a eficácia dos horários de trabalho flexíveis, cedidos aos trabalhadores. Por meio deles, a pessoa consegue programar-se melhor, como um todo e isso faz toda a diferença, em todos os campos da vida.

O horário flexível contribui com a melhor produção do trabalhador (Foto: Divulgação)

Os estudos apontam que o horário flexível de trabalho permite que o empregado produza mais e com melhor qualidade. O sentimento de pressão é drasticamente diminuído e, além disso, o trabalhador pode escolher qual o melhor horário de seu dia para executar suas tarefas. Há pessoas que produzem mais à noite, ou na parte da manhã, etc. Também é possível escolher os horários necessários para uma consulta médica, por exemplo, ou praticar uma atividade física. Com isso, a saúde do trabalhador também é preservada. Sem dúvida, as vantagens são inúmeras. Contudo, há desvantagens, também. Se a pessoa não souber administrar seu próprio tempo, sua produção, ao contrário de tudo o que foi dito, pode piorar. O caso de pessoas que trabalham em casa é ainda mais delicado. Para as dicas, vamos nos ater a estas pessoas.

Como produzir mais, trabalhando em casa

Trabalhar em casa também tem suas regras (Foto: Divulgação)

Quem trabalha em casa tem a vantagem de não estar tão preso a horários fixos. No entanto, se a rotina não tiver mínimas regras, as tarefas podem não ser entregues, em tempo hábil. Quando se vê, está-se trabalhando por um período muito mais extenso. Isso acontece devido às distrações e à falta de controle do tempo. Psicologicamente, tem-se a impressão de que tal tempo é muito maior; mas não é. Para trabalhar em casa, e preciso estabelecer metas e horários, todos os dias, de forma semelhante à jornada de trabalho comum, fora do lar. Veja as dicas, abaixo:

Continuar Lendo  Como ser mãe e ter uma vida profissional bem sucedida

Dicas para trabalhar em casa

– estabeleça horários para a checagem de e-mail, redes sociais e afins. Ter a internet, o tempo todo, à sua frente, sem que ninguém esteja vigiando, pode ser altamente prejudicial ao trabalho;

– não dê atenção a todas as pessoas que decidam interromper suas tarefas. Geralmente, elas têm dificuldade em entender que o trabalho, em casa, é igual a todos os outros;

– faça pequenas pausas, para renovar as forças, mas não se estenda;

– quando tiver que programar a ida ao supermercado, ao médico ou a outros lugares, não o faça sem horário certo. Se decidiu ir à tarde, acorde mais cedo e agilize suas tarefas, afinal, nunca se sabe o que poderá acontecer, na rua;

– nunca deixe de lado a prática de atividades que proporcionem bem estar. Trabalhar em casa, permanecendo sentado, por muitas horas, é prejudicial à saúde.

Distrações são ótimas, mas sem exageros (Foto: Divulgação)

Saber lidar com e flexibilidade do horário de trabalho é algo que demonstra profissionalismo e contribui com o bem estar do trabalhador. O prazer de trabalhar em casa é muito grande; contudo, se o tempo não for bem administrado, a tarefa pode se tornar uma prisão domiciliar.

Veja algumas profissões: Profissões para trabalhar em casa: dicas

Leia mais sobre este assunto: Trabalhar em casa: vantagens e desvantagens

 

Top