Homenagens do 11 de Setembro em Nova York

Dez anos se passaram, porém as imagens marcantes da manhã de 11 de Setembro de 2001 ainda permanecem na memória de todo o planeta.…

Dez anos se passaram, porém as imagens marcantes da manhã de 11 de Setembro de 2001 ainda permanecem na memória de todo o planeta. O dia que mudou a história hoje é lembrado nas cidades atacadas há 10 anos atrás nos Estados Unidos. A ideologia que ganhou força no vácuo do nacionalismo árabe e inaugurou a era do medo está presente até hoje nos grupos de terroristas, em destaque a Al Qaeda, porém no 11 de Setembro deste ano é a vez daqueles que buscam o melhor levantarem suas cabeças e mostrarem que apesar de todo estrago feito, o bem sempre se levantará.

Os EUA nunca mais foi o mesmo depois daquele dia, aliás o mundo todo entrou em alerta. O país escolhido para mostrar através de catástrofes e desesperos o poder de uma ideologia, hoje lembra o nome das vítimas que, em vão, morreram. Apesar do arquiteto de todo o atentado terrorista estar morto – Osama Bin Laden – a ameaça que ele criou não desapareceu. Porém, todos continuam lutando para proporcionar às vitimas a justiça que elas merecem.

Para lembrar o número de vítimas e não deixar apagar na memória o que um dia aquele país sofreu, foi construído em Nova York um memorial constituído de uma grande praça localizada no Marco Zero, antigo terreno onde ficava as duas torres do World Trade Center, que foram atacadas e derrubadas pelo atentado terrorista em 2001.

Na manhã de hoje foram prestadas homenagens às vitimas do 11 de Setembro em Nova York e também nas outras cidades atacadas. A cerimônia começou às 8h35 no horário local (9h35 de Brasília). Neste domingo apenas parentes das vítimas e convidados tiveram acesso permitido ao Memorial e puderam assistir a cerimônia.

Leia Também:  Reebok pagará multa por veicular propaganda enganosa

O Memorial é cercado por 400 pés de carvalho e possui dois grandes espelhos d’água com cascata que trazem vida ao antigo perímetro das torres. Há também um museu que ainda não foi finalizado, que possuíra imagens e peças que restaram do atentado ao Word Trade Center. Foi nesse belíssimo cenário construído pelo governo americano que se foram lembrados os nomes das vítimas, os quais também estão estampados em volta aos espelhos.

Uma bandeira americana foi colocada no novo World Trade Center que está sendo construído ao lado do Memorial, mas que só será entregue em 2013. O presidente Barack Obama e o ex-presidente George W. Bush chegaram acompanhados de suas esposas para prestar as homenagens e fazer seus discursos. Às 8h40 um coral deu inicio as apresentações no Marco Zero. Na sequência  foi cantado o hino nacional americano, seguido do hasteamento da bandeira e apresentação de policiais com gaitas de fole.

Às 8h46 foi feito o primeiro minuto de silêncio programado. Em seguida o presidente Obama iniciou seu pronunciamento, que ressaltou a importância de Deus em nossas vidas e que com certeza todas as vítimas estão ao seu lado nesse momento, provavelmente em um lugar muito melhor que o nosso. Às 8h50 começaram a ser lidos os nomes dos 2.983 homens, mulheres e crianças inocentes que morreram no dia do atentado. A leitura foi feita em duplas, por parentes das vítimas, com mais de 300 participações. Todos se emocionaram. Às 9h04 o ex-presidente Bush, que governava o país na época, fez um breve pronunciamento pedindo a Deus que amenizasse a sua dor e que sempre mantesse a recordação de seus filhos.

Até às 13h foi feita a leitura dos nomes das vítimas, com pequenas e belíssimas intervenções. Apresentaram-se durante a cerimônia o violoncelista Yo-Yo Ma, os cantores James Taylor e Paul Simon e o flautista Emi Ferguson. O atual e o ex-prefeito também fizeram seus rápidos discursos em homenagem aos inocentes. Durante toda a cerimônia sinos tocaram nos exatos momentos em que os aviões bateram nas torres e também quando as mesmas caíram. Outros 3 minutos de silêncio foram feitos, totalizando 4. Os parentes e amigos marcaram presença utilizando cartazes com imagens dos falecidos e prestando homenagem colocando flores nos nomes estampados nas pedras do Memorial.

Leia Também:  As Melhores Marchinhas de Carnaval 2010

Dentre as vítimas foram citados os nomes de três brasileiros que morreram no atentado. A cerimônia foi finalizada com o coral e com o último toque de silêncio ao som de trompetes. O público poderá visitar o Memorial no Marco Zero a partir de amanhã, segunda-feira (12).

As homenagens foram belas e a população mundial pôde assisti-la em diversos canais de TV, já que a presença da mídia foi parcialmente permitida. Todos acreditam ter feito, pelo menos um pouco, jus ao nome das vítimas e esperam que um dia o medo que isso possa se repetir não exista mais.

Top