Higiene íntima masculina: cuidados

Algumas mulheres sentem ciúmes da facilidade que os homens têm em ir ao banheiro, pois grande maioria costuma ser bastante rápida no uso do…

Por Editorial MDT em 30/12/2012

Algumas mulheres sentem ciúmes da facilidade que os homens têm em ir ao banheiro, pois grande maioria costuma ser bastante rápida no uso do toalete, por não precisarem sentar e nem se secar. Entretanto, rapidez não é sinônimo de saúde e, muitas vezes pode significar exatamente o contrário.

Cuidar bem da higiene íntima é garantir mais saúde e se importar com a saúde e bem estar da parceira. (Foto: divulgação)

Existem várias atitudes, como enxugar o pênis após urinar, que ainda são encaradas como sendo tabus por uma sociedade mais machista e ultrapassada. Confira vários cuidados com a higiene íntima masculina que devem ser levados a sério pelos homens.

Confira algumas dicas de beleza masculina.

Lavar as mãos

O hábito de lavar as mãos após utilizar o banheiro é reconhecidamente uma maneira eficiente de prevenir contaminação por agentes patogênicos, oriundos do sistema gastrintestinal ou urinário. Contudo, o que muita gente não sabe é que, segundo a recomendação dos urologistas, é indicado também lavar as mãos antes de urinar. Pode parecer estranho, mas existe uma lógica por trás da recomendação. Ao lavar as mãos antes de usar o toalete evita-se levar bactérias nocivas para a região genital, prevenindo infecções e até mesmo algumas DSTs.

Secar o pênis após urinar

Utilizar um pedaço de papel higiênico para secar a umidade da região do prepúcio e glande é um hábito adotado por alguns homens. Essa medida é fundamental para evitar a proliferação de fungos, além de também de prevenir o mau cheiro da região.

Muitos homens não sabem, mas é recomendado lavar as mãos antes de usar o mictório. (Foto: divulgação)

Higiene durante o banho

Na hora do banho é preciso dar uma atenção muito especial para a região genital, especialmente nas áreas de dobra de pele, como virilha, ânus, prepúcio e abaixo do escroto. Lavar bem essas regiões, lembrando-se de sempre retrair totalmente o prepúcio para executar boa limpeza da glande, é muito importante para evitar o mau cheiro e prevenir a infecção por fungos, bactérias e até mesmo o câncer de pênis.

Os cuidados devem ser redobrados em homens que não passaram por postectomia, a cirurgia para tratamento de fimose, em que parte do prepúcio é retirado, uma vez que o acúmulo de sujeira, nesses casos, seria bem mais difícil. Pelo fato de alguns homens poderem apresentar irritação na pele da região, causada pelo uso de sabonetes impróprios, é recomendado a utilização de sabonetes íntimos.

Cuidados após as relações sexuais

É muito importante lavar bem o pênis após as relações sexuais, pois a limpeza da região remove com eficiência o lubrificante do preservativo, que fica misturado no esperma. Da mesma forma, nas relações sem uso de camisinha essa atitude também é importante, pois dificulta a infecção por eventuais microrganismos causadores de doença.

É necessário depilar a região?

Não existe nenhuma necessidade especial em depilar a região, mas é recomendado dar uma aparada nos pelos para garantir uma boa aparência das partes genitais. Na verdade, o ato de depilar a pele pode ser prejudicial, pois aumenta as chances de foliculite, que pode se complicar com o uso de roupas íntimas inadequadamente apertadas.

Veja quais cuidados devem ser tomados com a higiene íntima do bebê.

Durante o banho é preciso tomar alguns cuidados especiais. (Foto: divulgação)

Garantir boa higiene íntima não é uma recomendação exclusiva para as mulheres, e os homens deveriam adotar esse costume tanto por pensar no bem estar da parceira, como também em sua própria saúde.

Top