Higiene das mãos: entenda por que isso é tão importante

A importância da lavagem de mãos. Um simples ato como esse pode livrar você de doenças infecciosas. A mão é uma das partes mais contaminadas…


A importância da lavagem de mãos. Um simples ato como esse pode livrar você de doenças infecciosas.

A mão é uma das partes mais contaminadas do corpo humano. É ela que nos ajuda a realizar, praticamente, todas as tarefas do dia-a-dia. Devido a isso, é a região que está diretamente e inteiramente em contato com as diferentes microbiotas do ambiente.

A higienização das mãos é essencial para a remoção de sujeira, suor, oleosidade, pelos, células descamativas e dos microrganismos que podem causar doenças, interrompendo assim, a transmissão de infecções vinculadas ao contato.

Há dois tipos de flora nas mãos. A primeira, e mais benigna delas, é a flora denominada residente. Os microrganismos que a formam são mais resistentes às lavagens adequadas das mãos, porém após fricções rigorosas, até mesmo esses podem ser eliminados. Já o segundo tipo é a denominado flora transitória. Esta é a mais preocupante e maléfica dentre elas. Felizmente, é a mais facilmente eliminada após a lavagem.

Qualquer um dos microrganismos que compõe as floras descritas é capaz de causar doenças infecciosas, sendo que sua manifestação irá depender da higiene e, principalmente, do sistema imunológico de cada indivíduo. Por isso, independente da cultura, é necessário criar-se o hábito de lavar as mãos, para evitar danos maiores à saúde.

Quando devo lavar as mãos?

  •  Antes de alimentar-se;
  • Após utilizar o banheiro;
  • Após assoar o nariz;
  • Quando estiver com a sensação de mão suja;
  • Após utilizar meio de transporte público.

Qual a maneira correta de lavar as mãos?

  • Utilizar água e sabão comum para ensaboar;
  • É preferível sabonete líquido, o que evita a proliferação de microrganismos no próprio recipiente;
  • Esfregue as palmas das mãos por pelo menos dez segundos;
  • Em seguida o dorso de cada mão com os dedos entrelaçados;
  • Esfregue palma com palma;
  • Parte de trás dos dedos com as palmas opostas;
  • Esfregue o polegar com movimentos rotários, entrelaçado com a mão oposta;
  • Esfregue as pontas dos dedos nas palmas das mãos;
  • Enxágue com água;
  • Seque com toalha descartável;
  • Feche a torneira com a própria toalha;
Leia Também:  Gazebos: dicas, modelos

É importante saber que para que a lavagem de mãos seja adequada, esta deve durar pelo menos 45 segundos.

Mas e o álcool em gel?

O álcool em gel substitui até três lavagens de mãos, porém acima desse número, ele torna-se maléfico por formar uma espessura que colabora na proliferação de microrganismos.

Agora, pratique e transforme esse simples ato em um hábito, vale a pena!

Grande parte das doenças infecciosas são evitáveis por esse simples gesto.

Top