Hidratação dos joelhos: dicas

Hidratação dos joelhos: dicas

Os meses de calor estão chegando e, com eles, os vestidos, saias e shorts. É nesta época que todos usam roupas mais curtas e,…

Por Editorial MDT em 09/10/2013

Os meses de calor estão chegando e, com eles, os vestidos, saias e shorts. É nesta época que todos usam roupas mais curtas e, por isso, os joelhos devem estar bem cuidados. Pele ressecada, áspera, esbranquiçada ou escurecida interfere muito na estética. É preciso cuidar, hidratando o corpo. Veja algumas dicas para a hidratação dos joelhos.

Pernas à mostra merecem joelhos hidratados (Foto: Divulgação)

Por que os joelhos ficam ressecados?

Sabe-se que todo o nosso corpo pode sofrer com ressecamento e mostrar os sinais disso, de formas variadas. Em relação à hidratação da pele, os fatores são a perda de água e a falta de células que produzem sebo. Outras causas, como a má alimentação e a pouca ingestão de água também agem, em conjunto.

Algumas áreas do corpo – como os joelhos – estão mais propensas à desidratação. Elas têm poucas células sebáceas e, além disso, também estão sujeitas a atritos, que acabam por “engrossar” a sua pele. Também vale dizer que são peles mais resistentes, pois recobrem regiões de articulação do corpo.

Hidratação deve ser feita todos os dias (Foto: Divulgação)

Dicas para hidratar os joelhos

O correto é reservar alguns minutos, todos os dias, para a hidratação do corpo todo. Como os joelhos, cotovelos e mãos ressecam mais, é preciso concentrar mais a aplicação dos produtos, nestas áreas.

Para hidratar os joelhos, cremes mais concentrados e que tenham ureia, óleos naturais (girassol, argan, amêndoa etc) ou lactato de amônio em sua composição são os mais indicados para estas áreas. Também vale a pena apostar em produtos com consistência de manteiga, pois eles são espessos e ajudam a reter a água da pele, por mais tempo do que os cremes comuns.

Proteção solar evita ressecamento e escurecimento dos joelhos (Foto: Divulgação)

Esfoliar os joelhos é sempre uma ótima alternativa para que a hidratação seja mais eficaz. Com a esfoliação, as células mortas e outros vestígios de sujeira são removidos, fazendo com que a pele fique mais lisinha e abrindo os poros – o que facilita a penetração de ativos emolientes. A dica é apostar neste cuidado, uma vez na semana. O excesso de esfoliação pode causar o efeito rebote, fazendo com que a pele engrosse mais. Invista em receitas caseiras de esfoliantes ou produtos específicos.

Outra dica é não descuidar da alimentação e, principalmente, da ingestão de água. Sem ela, o corpo todo fica desidratado e os cabelos e pele são os que mais se ressentem com isso.

Finalmente, vale a pena apostar em um protetor solar mais forte nos joelhos, sempre que se expuser ao sol. Devido às características da pele dessa região, ela tende a sofrer mais com os raios solares e ficar escurecida.

Top