Hidratação da pele no frio: dicas

Com a chegada do Inverno, podemos perceber algumas mudanças na pele, entre elas está o ressecamento causado pela falta de hidratação. Isso pode ser…

A hidratação deve ser constante para ter uma pele sempre saudável. (Foto: Divulgação)

Com a chegada do Inverno, podemos perceber algumas mudanças na pele, entre elas está o ressecamento causado pela falta de hidratação. Isso pode ser resolvido com apenas alguns minutos de dedicação diária para obter um bom resultado final.

Para começar,  nada melhor que bons agasalhos para se proteger do frio como casacos e blusas e na hora de dormir cobertas e edredons para driblar a baixa temperatura. No entanto, manter a temperatura do corpo não é o suficiente nessa estação, é preciso também manter a pele bem hidratada que é a que mais sofre com a baixa temperatura. Não é necessário esperar o Inverno rigoroso para sofrer os primeiros efeitos da pele, como a mudança de brilho e textura.

No Inverno nenhuma roupa isola totalmente o corpo do frio, portanto a pele é diariamente agredida pelas baixas temperaturas, e as partes mais visíveis desse ressecamento são as mãos e o rosto, causando uma estética nada agradável,o que obriga uma hidratação mais atenciosa com a utilização de cremes e óleos, já que as chamadas glândulas sebáceas reduzem sua produtividade e como consequência  diminuem a oleosidade natural da pele. Com a pele mais frágil, facilmente sofremos com rachaduras e descamação e pessoas com rugas devem ter ainda mais atenção em relação a isso, já que ficam muito mais perceptíveis.

Banhos não devem ser longos e muito quente. (Foto: Divulgação)

Para hidratar a pele, não existe nenhum segredo, basta usar hidratantes ao menos duas ou três vezes ao dia, dando preferência para aplicação após o banho, quando a pele ainda se encontra úmida, o que facilita na absorção. Também é indicado que na hora de secar o corpo, não esfregue a tolha sobre a pele, isso faz com que ela fique mais agredida e descame com mais facilidade já que essa descamação está sendo provocada. Na opinião de esteticistas, os hidratantes recomendados são os que têm combinados a sua formulação ativos de oclusão, ou seja, óleos lubrificantes, que tem a função de reter a umidade da superfície e aumentam a atuação do hidratante e seu tempo na pele.

Para quem possui a pele oleosa, normalmente foge de hidratante por receio de aumentar a oleosidade. Nessa caso é indicado o uso de hidratantes faciais livres de óleo, os chamados oil-free, eles hidratam a pele sem o excesso de óleo e contém componentes que combatem a acne e a oleosidade excessiva da pele. Nas regiões mais ressecadas do corpo como joelhos, cotovelos, pés e mãos, exigem uma aplicação maior de cremes, sendo necessário o hidratante específico para cada região. Cuidados na alimentação também auxiliam, como o consumo de frutas, verduras e legumes. Nada como uma boa alimentação e alguns cuidados para que a pele reflita os esforços com brilho e bem estar.

Pele com rugas precisam de maior atenção. (Foto: Divulgação)

Top