Hidratação com parafina: saiba mais

Usar cremes e óleos, diariamente, ajuda a hidratar a pele do corpo todo, mantendo-a macia e sedosa. No entanto, mãos e pés sofrem mais…

Por Editorial MDT em 06/01/2014

Usar cremes e óleos, diariamente, ajuda a hidratar a pele do corpo todo, mantendo-a macia e sedosa. No entanto, mãos e pés sofrem mais com o ressecamento, seja no inverno ou no verão. Por diversos motivos, pode haver um ressecamento acentuado destas partes do corpo, inclusive com rachaduras, que podem evoluir para problemas mais sérios. Nestes casos, os óleos e cremes acabam não sendo suficientes para resolver o problema. É preciso, então, procurar por tratamentos mais intensivos e a hidratação com parafina tem mostrado ótimos resultados, nestes casos. Saiba mais.

Pés e mãos ficam muito mais macios, com parafina (Foto: Divulgação)

Como é feita a hidratação com parafina

Embora os casos de ressecamento acentuado possam melhorar com a parafina, qualquer pessoa, de qualquer idade, pode usufruir dela. Em geral, a hidratação à base de parafina é feita em clínicas especializadas em estética. Isso acontece porque é necessário possuir um aparelho especial para derreter a parafina. Trata-se de uma espécie de banheirinha, em que as mãos ou os pés são mergulhados.

Mergulham-se os pés ou as mãos na parafina líquida, que rapidamente secará sobre a pele, formando uma camada espessa e esbranquiçada.

Envolve-se a pele, então, com uma plástico e, sobre ele, uma luva atoalhada ou toalha simples, úmida. A parafina permanece agindo, durante 15 ou 20 minutos. Em seguida, ela é removida da pele (sai facilmente) e, então, aplica-se um creme hidratante um gel relaxante, para finalizar o procedimento. Vale dizer que, antes da parafina, a pele é limpa, esfoliada e recebe loção adstringente.

Parafineira derrete o produto e o mantém em temperatura ideal (Foto: Divulgação)

A película criada com a parafina abre os poros, facilitando a penetração dos ativos hidratantes, além de impedir que a água da pele seja perdida. Como resultado, tem-se uma hidratação mais potente e eficiente.

Existem dois tipos de procedimentos: parafina quente ou fria. A quente, que deve estar a 37º, promove também a circulação sanguínea. A parafina fria é indicada, por exemplo, para diabéticos, que costumam ter a pele mais fina e sensível.

Hidratar com parafina em casa

A parafina sai facilmente das mãos e pés (Foto: Divulgação)

Para hidratar com parafina em casa, há 3 opções. Primeiramente, você pode comprar o aparelho para derretê-la, que se chama termocera ou parafineira. Outra opção seria comprar a parafina especial, derretendo-a de outra forma, porém, vale ressaltar, você poderá se queimar.

A terceira opção seriam os produtos à venda nas lojas de cosméticos. Algumas marcas já vendem uma parafina semelhante, que pode ser derretida, tal como se faz com a cera de depilação. Uma delas é a Depil Bella.

Se optar por qualquer das opções acima, faça o seguinte: lave bem as mãos ou pés, aplique esfoliante (pode ser o caseiro), coloque loção adstringente, faça a hidratação caseira com parafina, remova a película e hidrate, com um creme de boa qualidade. Pode-se fazer o procedimento 2 ou 3 vezes por semana, dependendo da necessidade.

Top