Hemorragia digestiva: sintomas, tratamento

A hemorragia digestiva é um problema sério, que se caracteriza por sangramento em algum ponto do sistema digestório. Os casos podem ser classificados como hemorragia digestiva alta, quando os focos hemorrágicos estão localizados no esôfago, estômago ou duodeno, e hemorragia digestiva baixa, quando se localizam no intestino delgado, grosso ou reto. Fique por dentro do assunto e conheça os sintomas e tratamento desse problema.

A hemorragia digestiva é um problema sério e precisa ser investigado. (Foto: divulgação)

Causas da hemorragia digestiva

Esse tipo de problema pode ser desencadeado por uma série de fatores e dentre as principais causas de hemorragia digestiva é possível destacar:

Hemorragia digestiva alta:

  • Úlcera gástrica;
  • Úlcera duodenal;
  • Varizes esôfago-gástricas;
  • Tumores do estômago, esôfago ou duodeno;
  • Perfuração do esôfago, estômago ou duodeno.

Hemorragia digestiva baixa:

  • Doença hemorroidária;
  • Fissura anal;
  • Pólipo intestinal;
  • Doença de Crohn;
  • Diverticulose;
  • Câncer de intestino;
  • Perfuração de intestino;
  • Endometriose intestinal.

    Exames de imagem auxiliam no diagnóstico. (Foto: divulgação)

     

Sintomas da hemorragia digestiva

Os sintomas desse tipo de problema podem variar de acordo com a localização do sangramento. Nos casos de hemorragia digestiva alta, os sinais e sintomas mais comuns costumam ser vômitos com presença de sangue vivo ou coágulos sanguíneos e fezes de coloração enegrecida, pegajosas e muito mal cheirosas. Já no caso de hemorragia digestiva baixa, os principais sintomas são sangue vermelho vivo nas fezes. Em ambos os casos ainda é possível haver sintomas inespecíficos, como tontura, suor frio e desmaios.

Tratamento

Os casos podem ser graves, e por isso é indispensável que qualquer pessoa com suspeita desse tipo de problema procure ajuda médica de um gastroenterologista. Entre os exames que podem auxiliar na identificação da causa do problema e do foco de sangramento estão a endoscopia digestiva alta e a colonoscopia.

O tratamento para hemorragia digestiva varia conforme o problema que esteja desencadeando a situação e pode envolver procedimentos como transfusão sanguínea, uso de medicação e, dependendo do caso, até mesmo uma abordagem cirúrgica.

Em situação menos graves os pacientes geralmente fazem o acompanhamento ambulatorial, sendo tratados em casa. Em situação mais graves, como no caso de importantes perdas sanguíneas, é necessário realizar internação hospitalar para cuidados mais rigorosos.

Pode haver sangue vivo nos vômitos. (Foto: divulgação)

A hemorragia digestiva é um problema sério que pode ser desencadeado por diversos fatores e, dependendo de sua localização e causa, evolui com manifestações diferentes e necessita de tratamento individualizado para cada situação.

Reply