Guarda compartilhada é melhor para a criança

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em dezembro de 2012, as mães são tutoras dos filhos…

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em dezembro de 2012, as mães são tutoras dos filhos após o divórcio. Porém, nesse mesmo levantamento ficou comprovado que a guarda compartilhada vem crescendo no Brasil. Entre 2001 e 2011, o percentual de decisões judiciais em que os filhos têm como tutores legais pai e mãe, morando na casa dos dois dobrou, sendo que em 2001 somente 2,7% das separações optavam pela guarda compartilhada e em 2011 a quantia foi de 5,4%.

Leia mais sobre: Nova lei: guarda compartilhada de filhos

Guarda compartilhada funciona quando existe boa relação entre pais (Foto: Divulgação)

Guarda compartilhada é melhor para crianças se os pais tem bom relacionamento

A proximidade das crianças com os pais é maior nos casos que a guarda é compartilhada. Quando o pequeno é obrigado a residir com um deles e ver o outro somente aos finais de semana, ou a cada 15 dias, como geralmente ocorre, é comum que aconteça um distanciamento da parte que não vive com o filho e uma aproximação maior daquele que passa mais horas com a criança. Agora, se o filho tem a oportunidade de ficar com os dois pais a participação na sua criação parece ser igualitária de ambas partes. No entanto, isso só funciona se houver uma boa relação entre os ex-casal. Caso contrário, o trauma será maior do que se a guarda for de apenas uma das partes.

Saiba mais sobre: Como funciona a guarda compartilhada

Guarda compartilhada é o melhor para os filhos (Foto: Divulgação)

Como funciona a guarda compartilhada?

O acordo de guarda compartilhada deve ser alinhado a rotina do filho e dos pais. Como a criança deve passar um tempo com o pai e outro com a mãe, é necessário que as agendas sempre estejam em sintonia. Quando há um bom relacionamento com o ex-casal é possível negociar melhor isso. O pequeno não necessita passar um dia em cada residência, a não ser que essa logística seja a melhor.

Leia Também:  Cesta de Páscoa de EVA | Artesanato 2016

Alguns pais optam por ficar com a criança em semanas alternadas, já outros fazem uma espécie de escala, onde o filho passa parte do dia se dividindo entre duas casas. Pode soar como confuso, mas se a escola da criança for mais perto da casa de um e somente a outra parte interessada pode busca-la no colégio e acompanha-la nas demais atividades, esse esquema funciona.

Guarda compartilhada: educação dos filhos alinhada

Para que a guarda compartilhada funcione é preciso que o filho tenha a mesma educação independente da casa que estiver. Sempre que houver divergência na conduta da criança os pais devem conversar para chegar em um acordo de como vão aplicar uma repreensão. Não vale liberar no seu lar tudo que está proibido fazer na casa do outro pai. A educação do seu filho é essencial para formá-lo como cidadão, por isso, faça o esforço de conviver com ex-marido ou ex-esposa para que ele possa se tornar uma pessoa com uma boa orientação.

Top