Greve nos Correios 2009

Os funcionários dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, os Correios têm 109 mil servidores no…

Greve correios

Os funcionários dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, os Correios têm 109 mil servidores no país.

Os servidores e a estatal não conseguiram entrar em acordo a respeito da pauta salarial. Os trabalhadores pedem um aumento real proporcional aos salários e um reajuste linear de R$ 300. A proposta dada pelos correios aos trabalhadores foi de um aumento de 4,5%, correspondente ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado nos últimos 12 meses até a data-base, que foi dia 1º de maio. Os servidores não aceitaram a proposta.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, 33 dos 35 sindicatos aderiram ao movimento.

A empresa lamenta a decisão dos trabalhadores de entrar em greve. Além disso, já existe um plano de contingência desenhado a ponto para ser colocado em prática. Para os correios não haverá atraso nas correspondências em virtude da greve.

Mesmo havendo outras propostas aos trabalhadores, é pouco provável que todas as exigências dos sindicatos sejam atendidas.

A pauta da Fentect reivindica, entre outros itens, aumento salarial de 41%, aumento linear de R$ 300 em todos os holerites, redução da jornada de trabalho sem redução de salário e contratação de novos servidores via concurso.






Top