Gravidez psicológica como acontece e como evitar

Gravidez psicológica como acontece e como evitar

Saiba tudo sobre gravidez psicológica, como acontece e como evitar. Essa condição, bastante conhecida entre os animais, também pode afetar mulheres de diferentes idades.…

Por Isabella Moretti em 24/01/2015

Saiba tudo sobre gravidez psicológica, como acontece e como evitar. Essa condição, bastante conhecida entre os animais, também pode afetar mulheres de diferentes idades. Ela recebe o nome científico de pseudociese.

Gravidez psicológica como acontece e como evitar. (Foto: Divulgação)

Em 2013, um caso de pseudociese surpreendeu vários médicos em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Uma paciente, de 37 anos, aparentemente grávida foi encaminhada para a sala de cirurgia, onde seria submetida a uma cesariana. Ela tinha feito todo o pré-natal e parecia estar entrando em trabalho de parto. Quando o procedimento começou, houve surpresa na sala cirúrgica, já que os médicos não encontraram feto algum. A paciente sofria de gravidez psicológica.

A história contada acima é considerada um caso extremo de pseudociese. As mulheres que sofrem com esse problema não chegam até o parto, mas vivenciam os sintomas iniciais de uma gestação.

Leia mais: Sintomas de Gravidez Nas Primeiras Semanas

Gravidez psicológica como acontece e como evitar

A mulher sente os mesmos sintomas da gravidez de verdade. (Foto: Divulgação)

Continue lendo a matéria, pois agora iremos explicar tudo sobre a gravidez psicológica, como acontece e como evitar. Você vai conseguir esclarecer as suas principais dúvidas sobre o assunto. Confira:

Como acontece a gravidez psicológica?

A gravidez psicológica acontece quando a mulher deseja muito engravidar ou sente um medo muito forte de ficar grávida. Ela passa, então, a apresentar sinais típicos de uma gestação.

Os sintomas de gravidez psicológica são semelhantes aos da gravidez real. A mulher tem enjoos matinais, ausência da menstruação e desejos alimentares. O seu corpo também apresenta sinais, afinal, a barriga começa a crescer e os seios chegam até a produzir leite.

Gravidez psicológica causa enjoos. (Foto: Divulgação)

Diversas situações podem desencadear pseudociese, como desequilíbrio emocional, aborto recente, transtorno de personalidade, depressão e baixa autoestima. As mulheres com maior chance de desenvolver gravidez psicológica são casadas, com problemas conjulgais ou que já passaram por experiências amorosas conturbadas.

Como evitar gravidez psicológica?

Gravidez psicológica é um assunto complexo e que, na maioria das vezes, não tem como evitar. Tudo acontece dentro da cabeça da mulher e o corpo manifesta os sintomas típicos da gestação.

Assim que os primeiros sinais de gravidez surgirem, é fundamental procurar um médico. O teste de farmácia ou o exame de sangue não são decisivos para o diagnóstico de pseudociese. No entanto, o ultrassom vai apontar a ausência do feto e do batimento cardíaco.

Na maioria dos casos, a mulher precisa de acompanhamento psicológico. (Foto: Divulgação)

Se a mulher quiser muito se tornar mãe, o único problema será convencê-la de que não há um bebê a caminho. Na maioria dos casos, é preciso fazer um acompanhamento psicológico para tratar o problema.

Agora que você já sabe detalhes a respeito da gravidez psicológica, como acontece e como evitar, não deixe de prestar atenção nos sintomas. O tratamento requer um bom psicólogo ou psiquiatra, além do apoio dos familiares.

Top