Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar> Gravidez psicológica canina: o que fazer

Gravidez psicológica canina: o que fazer

Por Redacao
Cães também podem sofrer de gravidez psicológica (Foto:Divulgação)

Os humanos e animais compartilham várias doenças e problemas em comum. Um desses problemas é a gravidez psicológica, que por mais que seja difícil de acreditar também pode acometer os animais, principalmente cães.

A frequência com que as cadelas sofrem de gravidez psicológica é maior do que se pode imaginar. O problema é comum e por isso é importante saber lidar com a situação para ajudar a sua cadela da forma mais adequada.

A gravidez psicológica ou pseudociese, como também é chamada, se dá por alterações hormonais que podem acontecer alguns meses após o período do cio. Nesse período a cadela começa a apresentar alguns sintomas de gravidez, incluindo o crescimento das mamas e produção de leite.

Gestação canina (Foto:Divulgação)

Sintomas

Normalmente os sintomas vão além do crescimento das mamas, eles também podem incluir alterações de apetite, falta de vontade de brincar, posse exagerada em relação a objetos ou bichinhos de pelúcia, comportamento agressivo, carência e tendência a preparar o ninho.

Além de identificar os sintomas é importante realmente saber se a cadela é virgem ou se ela andou acasalando com os machos da casa, caso você tenha outros cães. Também é importante consultar o veterinário para ter certeza se o problema é psicológico.

Se você tem uma cadela que sofre deste problema deve estar pensando no que deve fazer diante da situação. Para quem deseja interromper a gravidez psicológica há remédios que podem ser prescritos pelo veterinário.

Mas se você optar por não intervir, saiba que geralmente o problema acaba em algumas semanas, a fêmea irá adotar algum objeto e proteger como se fosse o verdadeiro filhote. Você deve tratá-la muito bem e dar carinho, mas sem retirar o filhote imaginário, pois ela pode ficar ainda mais ansiosa e agressiva.

Cães e a gravidez psicológica (Foto:Divulgação)

Complicações

Porém a gravidez psicológica pode causar complicações em algumas cadelas. Neste período é comum haver um aumento no tecido endometrial causado pelos hormônios, isso também pode causar uma infecção uterina com acúmulo de pus que pode levar o animal a morte. Outro risco é o de mamite – inflamação das mamas – que devido a produção exagerada de leite ele pode empedrar, causando tumores mamários.

Como Prevenir

É claro que a gravidez psicológica pode ser prevenida. A castração antes do primeiro cio é a melhor maneira de evitar a formação de tumores mamárias.

A  gravidez psicológica nos animais pode ser simples ou apresentar complicações, por isso, é importante prestar atenção no comportamento das suas fêmeas. Para que elas fiquem livres  destes problemas é importante consultar o veterinário e acompanhar se há ou não acasalamento entre os animais da sua casa.

Recomendado para você
Bem Estar

Clinomania: o que é, sintomas

Bem Estar

Planos de saúde do Banco do Brasil

Bem Estar

Dieta do Abacate Emagrecer para Natal 2017

Bem Estar

Tendências de tatuagens masculinas para 2018 (mais de 100 fotos incríveis)

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *