Grávidas que possuem animais de estimação se exercitam mais

Um novo estudo, conduzido pela Universidade de Liverpool, na Inglaterra, revela que mulheres grávidas que possuem animais de estimação costumam atingir os números sugeridos…

Imagem: (Foto Divulgação)

Um novo estudo, conduzido pela Universidade de Liverpool, na Inglaterra, revela que mulheres grávidas que possuem animais de estimação costumam atingir os números sugeridos de exercícios físicos. O estudo foi divulgado nesta semana na revista  PLoS ONE. Segundo os autores do estudo esta é a primeira análise a estabelecer tal relação.

Pesquisas anteriores já haviam associado o ganho de peso demasiado na gravidez com diversos riscos à criança, até mesmo com a obesidade infantil. Levantamentos como esses enfatizam a importância de as mulheres procurarem uma gravidez saudável, com controle de peso e prática regular de atividades físicas. De acordo com os autores da análise, passeios com animais de estimação podem funcionar como uma técnica para aprimorar a saúde na gravidez.

O estudo selecionou pouco mais de 11 mil mulheres grávidas, e avaliou a quantidade e os tipos de exercícios físicos que praticavam quando estavam entre a 18ª e a 32ª semana de gestação. Também foi analisado o índice de massa corporal antes da gravidez e se possuíam ou não algum bicho de estimação. No total, 25% delas tinham um cachorro.

Os resultados apontaram que as mulheres que possuíam animais apresentavam 50% mais chances de alcançar a indicação de meia hora de caminhada diariamente do que aquelas que não possuíam o animal. E mais, passear uma vez na semana com o animal, proporcionou consequências benéficas na saúde das mulheres.

“Estamos cada vez mais convencidos de que levar o cachorro para passear, além de ser um exercício de baixo risco, pode ajudar a motivar as mulheres grávidas a praticar mais atividades físicas e, portanto, garantir uma gravidez saudável”, afirma Sandra McCune, uma das autoras da pesquisa.

Ainda que os autores tenham notado maior número de exercícios físico entre as grávidas donas de animais de estimação, eles chamam a atenção para o fato de diversas delas ainda não estarem totalmente envolvidas em praticarem atividades regulares.


Top