Google Lança Site com Digitalizações do Manuscrito do Mar Morto

Foi lançado nesta segunda-feira (26/09) o site Dead Sea Scrolls Online (Manuscritos do Mar Morto Online, em tradução livre). A página foi desenvolvida pelo…

Foi lançado nesta segunda-feira (26/09) o site Dead Sea Scrolls Online (Manuscritos do Mar Morto Online, em tradução livre). A página foi desenvolvida pelo Google em parceria com o Museu de Israel. Nela, são exibidas versões digitalizadas de cinco dos oito Manuscritos do Mar Morto, registros de mais de 2 mil anos.

Para fazer a digitalização dos documentos, foram utilizadas câmeras de até 1200 megapixels (cerca de 100 vezes mais que uma câmera comum). Após isso, as imagens foram cuidadosamente reconstruídas para que ganhassem seu aspecto natural.

O projeto também prevê a tradução de todos os manuscritos, originalmente em aramaico e hebraico. Porém, somente o manuscrito principal (atribuído a Isaias) fora traduzido para o inglês no momento em que o site foi lançado.

Sobre os Manuscritos do Mar Morto

Tratam-se dos mais antigos registros bíblicos já conhecidos, escritos entre os séculos III e I antes de Cristo. Os registros contêm fragmentos de todos os livros do Velho Testamento, exceto o de Ester. Em 68 a.c., eles teriam sido escondidos em 11 cavernas em volta do Mar Morto para serem protegidos do exército romano. Eles somente foram descobertos ocasionalmente por um pastor em 1947.

Top