Google fecha a compra do Waze

Nesta terça-feira (11), o Google finalmente fechou a compra do aplicativo Waze. Uma fonte próxima ao negócio revelou que a companhia investiu 1,3 bilhão…

Nesta terça-feira (11), o Google finalmente fechou a compra do aplicativo Waze. Uma fonte próxima ao negócio revelou que a companhia investiu 1,3 bilhão de dólares na nova aquisição.

A aquisição do Waze pode ter custado 1,3 bilhão de dólares ao Google. (Foto:Divulgação)

Em seu post sobre a aquisição do app, o Google falou que é hora de usar a inteligência para superar o trânsito. Desta forma, vale a pena baixar o GPS comunitário para o Android ou iPhone.

Waze agora é do Google

Em seu blog oficial, o Google falou que o negócio tem como objetivo usar o serviço do Waze para melhorar a qualidade o produto Maps e diversificar os recursos. A empresa líder em buscas na internet demonstra interesse principalmente na característica colaborativa e social do aplicativo.

O Google comprou o Waze, mas a equipe responsável pelo aplicativo permanecerá em Israel. O app irá se beneficiar da capacidade de busca do Google, mas também será decisivo para melhorias no app de Maps. Ainda não se sabe ao certo como será o trabalho em conjunto das empresas.

Como funciona o Waze?

O Waze permite compartilhar informações sobre o trânsito em tempo real. (Foto:Divulgação)

O Waze foi desenvolvido pela Waze Mobile, uma empresa israelense que existe desde 2008. O aplicativo favorece a geolocalização, ou seja, funciona como um GPS gratuito que pode ser instalado em smartphones Android, no iPhone e no BlackBerry.

Fundado há quatro anos, o Waze revolucionou o mercado de geolocalização. Atualmente ele tem 47 milhões de usuários e já foi responsável por um faturamento de 67 milhões de dólares.

Para oferecer os seus serviços de mapeamento online, o Waze utiliza sinais de satélite a partir dos dispositivos móveis dos usuários. Além de dados de mapa, o app também gera informações de tráfego em tempo real, que podem ser compartilhadas através das redes sociais. Com a aquisição do Google, o aplicativo provavelmente será integrado à rede Google +.

O Waze servirá para aprimorar o Google Maps. (Foto:Divulgação)

Com o Waze é possível saber qual posto está vendendo a gasolina mais barata dentro da rota. O aplicativo também permite obter informações sobre blitz, acidentes e bloqueios de estradas. Através destes dados, o usuário consegue viajar de forma mais tranquila.

Leia Também:  Internet gratuita e ilimitada disponível em aeroportos brasileiros

Outros recursos tornam o Waze um recurso muito interessante para se ter no smartphone, como a possibilidade de orientar-se por voz no trajeto que escolher. Tal como um GPS, o aplicativo faz buscas precisas por nome, rua, estrada e até mesmo ponto turístico.

O design do app de geolocalização também é motivo de elogios dos usuários. Ele usa elementos de jogos para diversão e oferece facilidades na hora de navegar pelos recursos.

Quem esperava por novidades no Google Maps, finalmente a empresa gigante em buscas na internet conseguiu surpreender.

Top