Google desativará o Google Reader

A notícia divulgada pelo Google, dando conta de que o Google Reader será encerrado no início de julho, pegou muita gente de surpresa e…

A notícia divulgada pelo Google, dando conta de que o Google Reader será encerrado no início de julho, pegou muita gente de surpresa e deixou indignados milhares de usuários da ferramenta de leitura de RSS, lançada em 2005.

Ao acessar a sua conta no Google Reader, você receberá a notícia do encerramento do serviço, no próximo mês de julho (Foto: Divulgação)

De acordo com a empresa, a principal motivação para a desativação do Google Reader está na baixa procura pelo agregador de conteúdo e, dessa forma, a gigante de buscas resolveu deixá-lo de lado e investir em outros produtos, focando principalmente na rede social Google+.

Juntamente com o Reader, o Google vai encerrar, nos próximos meses, outros sete serviços, entre os quais o Building Maker, Voice App for BlackBerry e o Apps Script. Essas desativações fazem parte da “Limpeza de Primavera”, iniciada em 2011 e que já encerrou mais de 70 serviços do Google.

Relembre: Serviços que foram encerrados pelo Google

Petições online contra o fim do Google Reader

Petições online pedindo que o Google reveja a sua decisão já contam com mais de 100.000 assinaturas (Foto: Divulgação)

Para mostrar o descontentamento com a desativação do Google Reader, internautas de todo o mundo criaram petições online pedindo que a empresa reveja a sua decisão e continue a oferecer a ferramenta.

Em uma delas já são quase 100.000 assinaturas, solicitando que o Google Reader não seja encerrado, enquanto na outra, mais de 30.000 internautas deixaram o seu pedido. Se você é usuário do leitor de RSS e também quer participar das petições, acesse os sites Change.org e Keep Google Reader.

E as manifestações contra a decisão do Google não param por aí. Além de muitas reclamações via Twitter e outras redes sociais, o meme do Hitler Inconformado ganhou uma versão criticando o fim do Google Reader, conforme você pode ver no vídeo abaixo (em inglês).

Continuar Lendo  Atualização do Whatsapp: novidades para usuários

Como exportar as assinaturas do Google Reader

Até o início de julho, os usuários poderão salvar as suas listas de assinaturas, para usá-las em outros leitores de feed (Foto: Divulgação)

Para quem foi pego de surpresa com a notícia de que o Google desativará o Google Reader, é importante saber que existe a possibilidade de exportar as assinaturas e configurações da ferramenta e usá-las em outro serviço semelhante.

Conheça: Sapatos inteligentes do Google

Para tanto, basta acessar a sua conta no Google Reader, clicar no ícone da engrenagem, localizado no canto direito superior, e escolher a opção “Configurações do Google Reader”. Em seguida, vá até a aba “Importação e Exportação” e clique no item “Download your data through Takeout”.

Um arquivo zipado será baixado para o seu PC e, após descompactá-lo, você deve entrar na pasta “Reader” e procurar pelo arquivo intitulado “subscriptions.xml”, que será o responsável por importar a sua lista de assinaturas para o novo leitor de RSS.

Top