Gola rolê: combinações, dicas para usar

Os lançamentos de coleções importantes, com estilistas que, definitivamente, ditam as tendências seguidas pelo mundo fashion, trouxeram agradáveis surpresas, propondo alguns estilos que andavam…

Os lançamentos de coleções importantes, com estilistas que, definitivamente, ditam as tendências seguidas pelo mundo fashion, trouxeram agradáveis surpresas, propondo alguns estilos que andavam sumidos há algum tempo. Uma dessas novidades, que tem aparecido nos desfiles desde o início de 2012 é a gola alta, usada tanto no vestuário feminino como no masculino, e que havia sido esquecida desde que novas tendências, como a gola V, tomaram conta das camisas, camisetas, vestidos, suéteres e diversas outras peças.

As famosas aderiram a moda

Veja também: Semana da moda de Paris inverno 2012

Por ser um tanto quanto inusitada para algumas pessoas, peças que seguem esse estilo podem, à primeira vista, causar um pouco de estranhamento além de um certo temor em apostar nessa sugestão, especialmente para os mais conservadores. Entretanto, os entendidos de moda são praticamente unânimes em afirmar que, contando com bom senso e seguindo algumas dicas simples, é possível compor looks maravilhosos e cheios de personalidade, que irão conquistar o gosto até mesmo dos mais tradicionais. Confira algumas dicas e fique por dentro do assunto.

Gola alta

Gola rolê, rulê ou turtle neck  são alguns nomes dados à gola alta, geralmente justa e dobrável, bastante comum em suéteres e que conferem um visual muito sofisticado à qualquer produção, além de garantir um conforto extra, por manterem o pescoço bem aquecido. Esse tipo de gola, super indiscreta, funciona como uma varinha mágica, capaz de mudar completamente o visual de qualquer produção, transformando os looks básicos em bafônicos, cheios de atitude e elegância.

A possibilidade de apostar nas mais variadas sobreposições, como jaquetas, casacos e casaquetos, além da chance de mudar instantaneamente o visual através de uma simples manipulação da gola (que pode ser usada mais enrolada e baixa, ou bem alta, cobrindo todo pescoço), torna esse artefato uma excelente opção para as pessoas camaleoas, que não curtem ficar muito tempo presos em um único estilo.

A gola rolê fica ótima em looks masculinos.

Veja também: Moda masculina inverno 2012: tendências

Leia Também:  Banheiro público: cuidados com a higiene

Por que optar pela gola rolê

Além da questão estética, esse tipo de gola ajuda a proteger muito bem a região do pescoço, prevenindo problemas de saúde como dor de garganta e resfriado. Tudo bem que sua função poderia ser facilmente substituída pelo uso de um cachecol ou lenço palestino, entretanto a adesão desse tipo de peça pelo público masculino é muito menor, fazendo da gola alta uma excelente opção.

Dicas para não errar na produção

As peças volumosas confeccionadas em tricô ficam melhor nas mulheres ou em homens que possuem pescoço mais fino (desde que não seja usada muito alta), pois ajudam a equilibrar o visual. O suéter masculino com gola rolê apresenta um caimento melhor quando fabricado em tecido fino, como o cashmere, lembrando que os homens que não estão com as gordurinhas abdominais em dia, devem optar por tecidos escuros e cortes menos justos.

Quem possui pescoço curto deve evitar o uso dessa gola, pois toda a atenção acaba sendo voltada para essa região do corpo. Da mesma maneira, quem possui cabeça de formato mais alargado ou ombros muito estreitos devem fugir da turtle neck.

A gola alta se tornou popular através de personalidades como Steve Jobs.

Veja também: blusas cacharrel masculina

Apesar de proporcionar requinte aos looks, a gola alta acaba não sendo recomendada para todos os tipos de pessoa e talvez por isso tenha sido esquecida por tanto tempo. Contudo, a dica é aproveitar enquanto essa tendência está em alta e se jogar em visuais ousados, cada qual dentro de seus limites.

Top