Globo quer tomar medidas contra agressor de repórter do Jornal Hoje

A TV Globo está estudando a possibilidade de entrar com uma ação contra o autor da agressão contra a jornalista Monalisa Perrone, do Jornal…

Por Editorial MDT em 01/11/2011

A TV Globo está estudando a possibilidade de entrar com uma ação contra o autor da agressão contra a jornalista Monalisa Perrone, do Jornal Hoje. A jornalista estava em frente ao Hospital Sírio-Libanês, nesta segunda-feira (31) em São Paulo, apresentando uma matéria ao vivo para o jornal sobre o tratamento do ex-presidente Lula.

Enquanto Monalisa transmitia as informações sobre o primeiro dia de tratamento de Lula quando alguns jovens invadiram a matéria e empurraram a jornalista, ficando a frente das câmeras.

Monalisa contou que ficou assustada com a ação dos rapazes. “Levei um susto enorme, estou tremendo, não sei se consigo falar direito. Em 20 anos de televisão isso nunca me aconteceu, um desrespeito enorme. Mas enfim, televisão ao vivo é isso“, disse ao voltar para o programa.

A Central Globo de Comunicação emitiu uma nota comentando o assunto, além de ter registrado um boletim de ocorrência e estudar uma possível media legal contra os agressores. “Trata-se de pessoas cujo propósito é aparecer. Não é a primeira vez. Como houve agressão, a TV Globo estuda que medidas legais tomar

O assunto entrou nos trending topics do Twitter e o apresentador do “CQC” Marcelo Tas comentou a ação: “Monalisa Perrone não é caso de Top 5, mas de polícia pros dois idiotas exibicionistas. E beijo para super Monalisa!”, escreveu.

Já o agressor alega que foi empurrado e por isso caiu em cima da repórter. “O nosso intuito não é agredir ninguém, é só invadir os links da Rede Globo. No vídeo, você pode ver que eu digo o seguinte: ‘Me derrubaram aqui’.”

 

Top