Gatos e cães com pressão alta

Gatos e cães com pressão alta

Assim como os humanos, os cães e gatos também podem sofrer com hipertensão arterial. Em muitos casos, o aumento da pressão sanguínea é causado…

Por Editorial MDT em 09/10/2013

Assim como os humanos, os cães e gatos também podem sofrer com hipertensão arterial. Em muitos casos, o aumento da pressão sanguínea é causado pelo excesso de peso, trauma, dor e problemas cardíacos. Saiba mais sobre a pressão alta em gatos e cães.

Os cães e os gatos podem sofrer pressão alta. (Foto: divulgação)

Hipertensão em animais

A hipertensão, além de ser associada à várias patologias, é um problema comum entre os bichos, mas pouco diagnosticado. Isso acontece porque na maioria das vezes há falta de equipamentos adequados para mensurar a pressão do cão e do gato. Para não correr risco de assustar ou estressar o animal e alterar o resultado do exame, o procedimento deve ser feito com aparelho especifico de uso veterinário, chamado doppler.

Nos cães o aparelho é colocado na patinha dianteira e nos gatos pressão pode ser aferida pela cauda. As principais causas da hipertensão são excesso de peso, trauma, problemas cardíacos, renais ou endócrinos. O aumento da pressão sanguínea pode se manifestar de maneira mais sutil ou com alguns sintomas.

Sintomas da pressão alta em cães e gatos

Os sintomas da pressão alta podem ser cansaço do animal e emagrecimento, como também pode ocorrer desmaios, deslocamento de retina, convulsões e derrame cerebral. Por isso é essencial estimular a prática de atividade física, não exagerar nos petiscos e oferecer uma dieta balanceada, além de medir a pressão arterial do animal durante os exames de rotina.

A pressão deve ser aferida para diagnóstico. (Foto: divulgação)

Tratamento da pressão alta em cães e gatos

Para evitar que o animal sofra com essa doença, é necessário visitar regularmente um veterinário, fazendo uma dieta balanceada e utilizando medicamentos para livrar as artérias do sufoco e diminuir a força que o organismo faz para bombear o sangue também faz parte da rotina de cães e gatos.

De acordo com especialistas, existem discussões relacionadas a quando se considera a pressão dos cães e gatos alta. Geralmente, só são medicados animais com pressão sanguínea acima de 160 mmHg. O tratamento da hipertensão em animais depende do diagnóstico de origem e também do controle de periódicos, medicamentos e dieta estão entre os itens mais recomendados.  O ideal é tratar primeiramente a causa da hipertensão que é originada tanto em cães como em gatos por problemas cardíacos ou renais.

O rabo do gato pode servir para aferir a pressão arterial. (Foto: divulgação)

A obesidade é um dos problemas que pode aumentar o risco de desenvolvimento de pressão alta em cães e gatos. É preciso saber como lidar com a obesidade canina e felina para prevenir o problema. O ideal é levar o seu bichinho ao veterinário para realizar o diagnóstico correto e tratar a pressão alta.

Top