Gastão Vieira é Escolhido Como Ministro do Turismo

O deputado Gastão Vieira do partido PMDB (MA) recebeu o convite e, já, aceitou ocupar o cargo do ex-ministro do Turismo Paulo Novais. A…

Por Redacao em 15/09/2011

O deputado Gastão Vieira do partido PMDB (MA) recebeu o convite e, já, aceitou ocupar o cargo do ex-ministro do Turismo Paulo Novais. A escolha de quem tomaria a posse de quem entraria na liderança do Ministério do Turismo foi feita na noite de ontem (14) em uma reunião entre o vice-presidente Michel Temer e a presidente Dilma Rousseff.

De acordo com informações divulgadas pelo governo, a decisão não foi nada fácil. O vice e a Dilma ficaram até quase 10 horas da noite tentando chegar em uma conclusão. O processo começou a ficar confuso quando a lista de “pretendentes” tinha seus altos e baixos. O fato de nomes terem de passar sempre pelo líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), dificultou a decisão.

A lista dos quatros escolhidos para a possível posse do cargo foi: Manoel Junior (PB), Marcelo Castro (PI), Lelo Coimbra (ES) e Gastão Vieira (MA). Porém Henrique Eduardo Alves disse que essa forma de escolha não era muito viável, na qual um seria escolhido por Dilma e os outros três sairiam queimados. Então propôs convidar Moreira Franco, Ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, mas que não aceitou. Por fim a decisão teve de ser tomada entre os quatro candidatos, já que o líder do PMDB na Câmara não queria ninguém de fora da bancada e muito menos de seu partido.

O nome de Marcelo Castro (PMDB – PI) foi um dos mais cogitados. Porém chegou a ser descartado pelo vice e a presidente em decorrência de ainda precisar explicar-se sobre a liberação de verba do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para a construtora Jurema, a qual sua família é dona.

Chegou-se ao resultado final: Gastão Vieira. Talvez não seja o preferido do líder do partido, mas era quem o presidente do Senado, José Sarney, queria.  O deputado Vieira estava em uma festa quando recebeu o convite. O evento no qual se encontrava tinha objetivo de apoiar a candidatura de Átila Lins (PMDB – AM) para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União. O vice Michel Temer chamou Gastão Vieira para uma conversa, que aceitou o convite de imediato e em seguida “bateu um papo” com a presidente.

O ex-ministro do Turismo, Pedro Novais, teria pedido demissão ontem a noite. Ele reuniu-se à tarde com o vice-presidente Michel Temer e com Henrique Eduardo Alves, na vice-presidência. Depois de receber diversas denúncias e acusações ficou insustentável sua permanência no cargo.  Segundo interlocutores do Planalto, Novais andava resistindo em pedir demissão e disse à Henrique Eduardo Alves que conseguiria enfrentar a situação, porém o líder do PMDB permanecia preocupado, já que a presença de Novais degredia a imagem do partido. Por fim a decisão de deixar o cargo veio do próprio ministro (ex), que em seguida entregou sua carta de demissão a presidente Dilma Rousseff.

Top