Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar> Gases na gravidez: como aliviar

Gases na gravidez: como aliviar

As mulheres sabem que a gestação é uma fase de mudanças tanto hormonais, quanto corporais. Como consequência, a mulher tem que aprender a lidar com cada nova transformação que surge. Entre as queixas mais comuns, podemos citar o excesso de flatulência, que acaba proporcionando muito incômodo para as futuras mamães. Saiba como aliviar os gases na gravidez.

A gravidez é uma fase de muitas alterações corporais e hormonais. (Foto: divulgação)

Conheça o motivo da produção de gases na gravidez

Independente da pessoa estar grávida ou não, ela produz gases. A verdade, é que um indivíduo normal produz entre 0,5 e 1,7 litros de gases, por dia. Assim, eles devem ser eliminados de alguma forma, seja através de puns ou arrotos.

Durante a gravidez, essa quantidade de produção pode aumentar. Isso acontece porque as taxas do hormônio progesterona produzidas durante a gestação, relaxam os tecidos do corpo, incluindo os do trato gastrointestinal. Como consequência, ocorre a aceleração do processo digestivo, o que pode ocasionar a produção de mais gases, além de um grande incômodo estomacal, em especial, após as refeições mais pesadas.

Aprenda a aliviar os gases na gravidez

Segundo especialistas, a melhor forma de reduzir os gases e o incômodo estomacal pelas gestantes, é através da eliminação ou diminuição do consumo de alguns alimentos. Entre os vilões mais comuns, estão as leguminosas, como o feijão, a ervilha e a lentilha, assim como o brócolis e o couve-flor. Logo após observada a melhora do problema, a gestante pode retornar o consumo desses alimentos de forma gradativa. É essencial que ela tenha uma alimentação saudável.

Limitar o consumo de líquido durante a gestação é essencial para prevenir a produção de gases. (Foto: divulgação)

Em alguns casos, o excesso da produção e gases, está diretamente relacionado à presença de intolerância à lactose. Dessa forma, logo após a ingestão de laticínios, ocorre a produção de gases e desenvolvimento do incômodo estomacal. Em geral, as mulheres que são portadoras do problema, já o conhecem antes de engravidar.

Por último, a futura mamãe deve evitar  consumo de alimentos muito gordurosos, assim como frituras. Mesmo sabendo que eles não colaboram com o aumento da produção de gases, eles diminuem o ritmo da digestão, o que pode trazer grande mal-estar à gestante.

Outras dicas contra a produção de gases

Conheça abaixo algumas dicas que também auxiliam na prevenção da produção excessiva de gases durante a gestação. São elas:

  • Evite a realização de refeições em excesso;
  • Evite falar enquanto está se alimentando;
  • Limite a ingestão de líquidos durante as refeições;
  • Evite o consumo de bebidas gaseificadas;
  • Pratique atividade física;
  • Evite o tabagismo.
    Através da alimentação, a gestante consegue combater a produção de gases. (Foto: divulgação)
A gestação é uma fase de mudanças e por isso, necessita de cuidados especiais. Após conhecer algumas formas de prevenir a produção de gases, basta seguir as dicas de alimentação e obter os benefícios.
Recomendado para você
Bem Estar

Tendência moda plus size verão 2018

Bem Estar

Dieta do Abacate Emagrecer para Natal 2017

Bem Estar

Como organizar uma excursão?

Bem Estar

Hermes Pardini – resultados de exames

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *