Gás lacrimogêneo: o que é, efeitos, como se proteger

A cidade de São Paulo está vivendo dias difíceis por causa dos protestos contra o aumento da tarifa do transporte. Os manifestantes lutam para…

A cidade de São Paulo está vivendo dias difíceis por causa dos protestos contra o aumento da tarifa do transporte. Os manifestantes lutam para que os preços das passagens de ônibus, trem e metrô sejam reduzidos. Contudo, a Polícia Militar está usando gás lacrimogêneo e balas de borracha contra os participantes dos protestos.

O gás lacrimogêneo é usado pela polícia. (Foto:Divulgação)

Os efeitos do gás lacrimogêneo duram alguns minutos, mas podem prejudicar seriamente a saúde.

O que é o gás lacrimogêneo?

O gás lacrimogêneo é feito a partir de uma combinação de substâncias que irritam a pele, os olhos e as vias respiratórias. Esta arma de efeito moral começou a ser usada na Primeira Guerra Mundial e pertence à classe dos Haletos, compostos que apresentam pelo menos um átomo do grupo dos Halogênios (F, Cl, Br, I).

A polícia não pode acalmar a euforia da multidão sempre usando arma de fogo, por isso acaba optando pelo uso do gás lacrimogêneo. A opção tem baixa toxidade, mas faz com que as pessoas soltem lágrimas incessantemente e acabem se afastando.

O gás lacrimogêneo pode ser disperso através de sprays ou granadas de mão.

Efeitos do gás lacrimogêneo

O gás causa irritação dos olhos. (Foto:Divulgação)

Os efeitos do gás lacrimogêneo duram de 20 a 45 minutos. Confira a seguir quais são eles:

Olhos irritados, com ardência e vermelhidão;

• Lacrimejamento constante;

• Sensação de sufocamento;

• Tosse;

• Espirros;

•Mal-estar;

• Irritação na garganta;

• Dificuldade de respirar;

Dores de cabeça;

• Em casos extremos, pode haver náuseas e vômitos;

• Sensação de queimadura na pele, pois o gás reage com as lágrimas e suor.

• O gás lacrimogênio também tem efeitos psicológicos, como desorientação e pânico;

Leia Também:  Jaca: Fruta Rica em Saúde

•Indivíduos que já possuem doenças respiratórias costumam sofrer mais com o gás.

Quando usado em ambientes abertos, o gás lacrimogêneo não pode matar, pois ele se dispersa com facilidade. No entanto, em espaços fechados, esta arma de efeito moral pode levar a morte por asfixia.

Como se proteger do gás lacrimogêneo?

Existem formas de se proteger da ação do gás. (Foto:Divulgação)

Em caso de exposição ao gás lacrimogêneo, é necessário afastar-se do local e depois correr contra o vento com os braços abertos para que o composto saia da pele e das roupas. Enquanto os sintomas ainda estiverem presentes, não é recomendado tomar banho e nem lavar o rosto, pois a água agrava os efeitos do gás no organismo.

Após a exposição ao gás, as roupas e lentes de contato devem ser inutilizadas.  Para evitar problemas nos olhos, é recomendado se consultar com o oftalmologista.

Top