Função da Vitamina B6 (piridoxina)

A piridoxina, conhecida popularmente como vitamina B6, é um nutriente essencial para o adequado funcionamento do organismo, atuando principalmente no equilíbrio do sistema nervoso,…

A piridoxina, conhecida popularmente como vitamina B6, é um nutriente essencial para o adequado funcionamento do organismo, atuando principalmente no equilíbrio do sistema nervoso, dermatológico e hetamatológico. É muito importante manter os níveis adequados dessa substância, pois seu excesso, bem como sua escassez, podem provocar sintomas importantes. Saiba mais sobre o assunto e conheça a função da vitamina B6.

Entenda por que a vitamina B pode ajudar na produção de colesterol bom.

A vitamina B6 é muito importante para o adequado funcionamento do organismo e pode prevenir doenças. (Foto: divulgação)

Função da piridoxina

Entre as várias funções da piridoxina, destaca-se sua importância no metabolismo das proteínas e gorduras, atuando também na formação da hemoglobina, uma proteína presente nas células sanguíneas e responsável pelo adequado transporte de gases para os tecidos. Outra importante função é sua atuação na degradação da homocisteína, uma substância que em níveis elevados é capaz de facilitar o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Benefícios da vitamina B6

Manter níveis adequados de piridoxina é uma medida que pode proporcionar vários benefícios à saúde, como:

  • Diminuição do risco de desenvolver doenças cardíacas;
  • Controle dos níveis pressóricos;
  • Equilíbrio dos níveis de colesterol;
  • Maior facilidade de metabolização de proteínas e gorduras;
  • Formação eficiente de hemoglobina;
  • Prevenção da retenção de líquidos;
  • Prevenção de doenças reumáticas.

Alimentos ricos em piridoxina

De acordo com os especialistas, a quantidade diária recomendada de piridoxina é de 2 mg. Para poder proteger o corpo de diversos problemas e garantir mais saúde, é preciso saber em quais alimentos a vitamina B6 pode ser encontrada. Felizmente existe uma vasta gama de produtos capazes de oferecer esse nutriente, como:

  • Peito de frango;
  • Frutas como banana e melancia;
  • Peixes como salmão e atum;
  • Batata;
  • Arroz;
  • Soja;
  • Espinafre;
  • Gérmen de trigo;
  • Ervilha;
  • Semente de girassol.

Peito de frango e arroz são alguns dos alimentos ricos em vitamina B6. (Foto: divulgação)

Sintomas de hipovitaminose

Alguns sintomas podem sugerir a necessidade de aumentar a ingestão de vitamina B6. É preciso ficar atento aos seguintes sintomas:

  • Vômito;
  • Fraqueza;
  • Depressão;
  • Dores de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Glossite;
  • Câimbras;
  • Convulsões;
  • Confusão mental;
  • Parestesia de membros.
Continuar Lendo  Resorts em Maceió CVC 2012

É importante ressaltar que, mediante a suspeita de hipovitaminose de B6, é necessário procurar um médico para maiores esclarecimentos, pois outros problemas de saúde podem cursar com quadro clínico semelhante.

Perigos do excesso de vitamina B6

Apesar de oferecer vários benefícios, o excesso de vitamina B6 no organismo é prejudicial à saúde, sendo capaz de atingir níveis tóxicos ao sistema nervoso, causando lesões importantes nos nervos e medula espinhal. Normalmente esse tipo de problema surge quando a ingestão de piridoxina é de 500 a 3 mil vezes a quantidade diária recomendada.

Saiba quais os alimentos ricos em vitamina B12.

O excesso de piridoxina pode causar problemas. (Foto: divulgação)

A piridoxina, conhecida simplesmente como vitamina B6, é uma substância muito importante para a adequada execução das funções vitais. Ela pode ser encontrada em uma grande variedade de alimentos e é capaz de prevenir vários problemas de saúde. Entretanto, é preciso ficar atento, pois níveis elevados dessa vitamina, geralmente decorrentes de suplementação alimentar inadequada, também podem causar prejuízos ao organismo.

Top