Frutas vermelhas combatem a perda da memória

Uma pesquisa realizada pelo Hospital Brigham and Women revelou que as frutas vermelhas podem prevenir problemas de memória. A inclusão de morango, amora, framboesa,…

As frutas vermelhas retardam o declínio cognitivo.

Uma pesquisa realizada pelo Hospital Brigham and Women revelou que as frutas vermelhas podem prevenir problemas de memória. A inclusão de morango, amora, framboesa, mirtilo e outras frutas ricas em flavonoides faz com que o desempenho cerebral melhore, reduzindo as chances sofrer com declínios cognitivos.

Leia mais: Morango: Afasta Problemas de Saúde

Entenda a pesquisa

O estudo avaliou os questionários respondidos por mais de 121.700 mulheres, de 30 a 55 anos. Elas responderam perguntas sobre os hábitos de saúde de 1976 a 2001. As participantes que relataram comer mais frutas vermelhas atrasaram os problemas de cognição em até dois anos e meio. A pesquisa que focou o público feminino foi divulgada no periódico Annals of Neurology.

Os autores do estudo constataram que o consumo de frutas vermelhas pode ser um importante aliado para melhorar a memória de mulheres idosas. E, de acordo com a análise dos questionários, uma pessoa que tem o costume de incluir frutas no cardápio alimentar também tem maiores chances de possuir um estilo de vida mais saudável.

Como as frutas vermelhas melhoram a memória?

Os flavonoides agem a favor da memória.

As substâncias responsáveis por beneficiar a memória são os flavonoides, ricos em propriedades antioxidantes que previnem o envelhecimento das células. Estes compostos presentes nas frutas vermelhas impedem o declínio cognitivo que acontecem com o avançar da idade, se manifestando através de sinais como dificuldade de pensar e perda da memória.

Os flavonoides também são encontrados em outros alimentos, como maças, frutas cítricas, cebolas, chás e vinho tinto. Vale ressaltar ainda que as propriedades antioxidantes não agem apenas contra os problemas de cognição, afinal, eles também são capazes de prevenir doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Leia Também:  Frutas vermelhas contra celulites

As frutas que apresentam o composto compõem uma variedade bem expressiva, não se limitando apenas ao popular morango. Com isso, os adultos mais velhos contam com a chance de diversificar o cardápio e aproveitar todos os benefícios das frutas vermelhas.

A pequisa aponta que incluir frutas vermelhas na alimentação melhora a memória.

Um adulto idoso, depois de identificar as primeiras dificuldades de memória, pode melhorar o desempenho cerebral aderindo uma alimentação rica em frutas vermelhas, fazendo treinamento cognitivo e praticando exercícios físicos. No entanto, um adulto jovem e saudável não pode melhorar a sua memória adotando as mesmas medidas, já que ela funciona no seu nível máximo.

O Robert Graham, médico do Hospital Lenox Hill, não esteve envolvido nas pesquisas sobre a ação das frutas vermelhas, mas relatou que recomendaria a ingestão de ‘berries’ e outros frutos com flavonoides aos seus pacientes de todas as idades.

Existem outros alimentos que melhoram a memória. Leia mais: Alimentos que ajudam a memória

Top