Franquia Box 30

O Habib’s é um restaurante bastante popular em São Paulo. Ele sempre funcionou em uma rede, ou seja, várias unidades estão distribuídas pela cidade.…

Por Redacao em 18/07/2011

O Habib’s é um restaurante bastante popular em São Paulo. Ele sempre funcionou em uma rede, ou seja, várias unidades estão distribuídas pela cidade. Alcançou tamanho sucesso devido à uma combinação perfeita de agilidade no atendimento, preços relativamente baixos e deliciosos pratos e comidas típicas que surpreendiam entregando mais do que a oferta.

Muita gente já provou e aprovou a saborosa porção de esfihas abertas do Habib’s. Ou os famosos  e rechonchudos kibes. São pedidos baratos e quase impossíveis de se abandonar antes de comer até não poder mais. Mas vale a pena conhecer também o novo restaurante e “irmão caçula” também: o Box 30.

Vindo do mesmo criador do Habib’s, Alberto Saraiva, este novo restaurante tem como meta manter a eficiência já existente antes e focar na venda de vários tipos de salgados. Claro que tudo de uma forma bem mais rápida, pois se tratam de restaurante de 30 metros, que visam um atendimento ainda mais ágil para aqueles que buscam matar a fome sem perda de tempo.

As unidades terão um cardápio que oferecerão mais de 30 tipos de salgados, menos a esfiha é claro, para evitar concorrência desnecessária com o Habib’s. Talvez daí venha o nome Box 30, ou talvez seja por causa das medidas locais. “Tive a idéia em uma viagem a Miami, em julho, e já estou colocando em prática por acreditar que é um negócio lucrativo e que pode ser reproduzido”, diz Saraiva para EXAME.com. A primeira unidade está instalada na zona Sul de São Paulo, em São Judas, ao lado de sua Igreja. Lá você encontra os mais variados tipos de salgados que se possa imaginar.

Como também já é tradição do fundador, promoções ótimas estão sempre disponíveis. Se forem comprados até 3 itens do cardápio, numa soma de no mínimo 30 unidades, mas 30 são entregues totalmente de graça. Pensando assim, pode ser uma alternativa excelente para salgados em festas. Saraiva afirma que é uma forma diferenciada de começar o negócio, estabelecer confiança com o cliente e aumentar o consumo. Faz todo o sentido.

Agora, em 2012, os planos são basicamente criar mais destes estabelecimentos em todos os locais possíveis, para alcançar a casa dos milhares se possível. Sim, é uma grande meta, mas as empresas atuais não costumam trabalhar pensando pequeno, não é assim que funciona. Outro diferencial estratégico: o espaço é pequeno, mas é justamente este fato que fará com que a rede seja gigante: sua praticidade. Shoppings, praças, mercados, galerias, postos de gasolina e muitos outros locais são propensos para essa nova rede.

Alberto Saraiva: o homem por trás das ideias

Considerando que o custo para se abrir um Box 30, comparado ao custo para abrir um Habib’s, é um tanto menor (300 mil reais para 1,2 milhões respectivamente), dificilmente não seria lucrativo caso dê certo de modo efetivo. E pode acreditar, tem tudo para dar. Portanto se você mora por perto de alguma unidade/estabelecimento do Box 30, não deixe de aproveitar este paraíso dos salgados. Vai ser a nova onda para Fast Food.

 

Top