Fotografias Newborn: dicas para escolher o fotógrafo

As delicadas descamações da pele, cílios, pezinhos, as pontinhas dos minúsculos dedos, tudo causa emoções indescritíveis aos pais, nos primeiros dias de vida do bebê, fora da barriga da mãe. Eternizar tais momentos únicos, por meio da fotografia, tem sido o desejo dos casais que acabaram de receber, no colo, seu bebezinho tão esperado. A procura pelos ensaios Newborn, ou seja, sessões de fotos de recém-nascidos, tem aumentado a cada dia, no Brasil. Mas é preciso que os pais saibam como escolher o profissional que irá fotografar seus bebês, pois é essencial preservar a segurança da criança.

Foto de Silvia Mello: Larissa, com 8 dias de vida, em posição fetal (Foto: Divulgação)

Quem pode fazer o ensaio Newborn?

A fotógrafa australiana Anne Gueddes foi quem divulgou ao público este tipo de trabalho, pela primeira vez. Encantador, o ensaio Newborn passou a ser copiado, no mundo todo. No Brasil, pode-se dizer que, atualmente, as fotos de recém-nascidos estão em alta. Não é para menos; as imagens encantadoras emocionam a todos e despertam nos futuros pais o desejo de investir em um álbum que carregará, para sempre, tais lembranças.

Com a demanda crescente, muitos fotógrafos passaram a prestar este tipo de trabalho. Mas será que todos eles têm competência para isso? Será que bastam apenas os conhecimentos técnicos em fotografia, para que o ensaio seja feito, corretamente?

Com um ano e meio de experiência, a fotógrafa Silvia Mello, que mora em Campinas (SP) e atua na cidade e região, afirma que não. “É preciso, sim, ter cursos específicos para fotografar recém-nascidos. São fotógrafos mais experientes na área que ministram os workshops”. Recentemente, aconteceu no Brasil o primeiro congresso de fotografia Newborn, em São Paulo, onde fotógrafos, pediatras e advogados discutiram sobre o tema, durante 3 dias.

Exemplo de montagem da foto, para a segurança do bebê. Amanda, com 8 dias de vida (Foto: Divulgação)

A necessidade de especialização existe em função da forma como o trabalho é feito. A proposta do ensaio Newborn é registrar momentos dos primeiros dias de vida do bebê. Mas as fotos não são comuns, com os pequenos sobre o berço ou o colo dos pais. Cenários graciosos são montados pelos profissionais, que usam de sua sensibilidade e criatividade para que as imagens tenham aspectos delicados, lúdicos e fantasiosos, próprios das crianças.

A segurança dos bebês é fundamental, durante o trabalho. Isso porque, em geral, o ensaio deve ser feito do 5º ou 13º dia de vida dos pequenos. “Nesta fase, eles ficam mais calmos, dormem mais e ainda não têm cólicas”, explica Silvia Mello.

As posições dos bebês também requerem atenção especial. Profissionais não especializados podem colocar em risco a integridade física da criança. Por isso mesmo que muitas fotos, tais como as vemos, prontas, são resultados de montagens. Silvia, que é especializada neste tipo de trabalho, além de ter participado de inúmeros cursos, na área, também conversou com diversos pediatras e fisioterapeutas, que a instruíram quanto aos limites a que ela pode chegar, enquanto trabalha com os bebês.

Manuela, com 8 dias de vida (Foto: Divulgação)

Como é feito o ensaio Newborn?

Tudo é feito de forma muito natural. Em geral, as sessões duram de 3 a 6 horas. Isso porque todos os horários do bebê são respeitados: amamentação, higienização, o tempo que demoram a cair no sono, etc. “Nada é forçado. As poses são feitas, conforme eles deixam. Cada bebê é único. Uns gostam de ficar de bruços; outros, não. Assim como de ladinho, de costas, com ou sem roupas…cada bebê me fala como gosta de ficar e, assim, são fotografados”, conta Silvia Mello.

Durante a sessão de fotos newborn, o som do útero materno é reproduzido, o tempo todo. Isso ajuda, para que os bebês se sintam calmos e confortáveis. Além disso, o ambiente é aquecido – o que é indicado, o tempo todo, pelo termômetro.

Os cuidados com a higiene do local também são de extrema importância. Todos os acessórios, bem como os fundos cenográficos, são limpos com álcool em gel, antes do trabalho. Os acessórios usados nas crianças também são lavados, a cada uso, com produtos próprios para bebês, mesmo que eles não os tenham sujado. O fotógrafo, por sua vez, usa álcool em gel nas mãos e braços, a todo momento. Além disso, não usa brincos ou anéis, cremes ou perfumes e usa roupas limpíssimas – tudo para preservar o bebê.

Murilo, com 7 dias de vida (Foto: Divulgação)

Cuidados ao escolher o fotógrafo Newborn

Silvia Mello enfatiza alguns cuidados ao escolher fotógrafo newborn: “é importante os pais sanarem todas as dúvidas, antes de fechar um ensaio como esse. Devem procurar saber se o fotógrafo é habilitado, se fez curso de especialização; devem procurar contato com pessoas que já fizeram uma sessão com aquele profissional…”. Ela também alerta: “Como agora é moda, é comum alguns fotógrafos iniciarem na área, irresponsavelmente, com poucas informações e baseados apenas em fotos prontas. E, em geral, cobram um valor bem abaixo da tabela. Portanto, pais, desconfiem”. Ela explica que o investimento pode ser de R$ 900 e R$ 1500, dependendo do que os pais desejarem.

Finalmente, Silvia Mello conclui: “É importante que os pais sanem todas as suas dúvidas e se sintam seguros com o profissional que irá manusear a maior riqueza de suas vidas”.

As fotos newborn da profissional Silvia Mello são feitas na casa dos próprios pais: “levo tudo e preparo o ambiente. No final, gosto de fazer algumas fotos de família, com os pais e irmãos, se houver”.

 

Reply