Flamengo se complica após derrota para o Olimpia

Com a derrota por 3 a 2 na noite desta quarta-feira para o Olimpia no Defensores Del Chaco, a situação do Flamengo na Copa…

Muralha tenta dominar a bola no Paraguai. (Foto Divulgação)

Com a derrota por 3 a 2 na noite desta quarta-feira para o Olimpia no Defensores Del Chaco, a situação do Flamengo na Copa Libertadores ficou complexa. O time carioca só dependia de seus empenhos para chegar às oitavas de final da competição, porém a derrota deixou a equipe com pouco espaço para erros nas últimas rodadas.

Com cinco pontos no Grupo 2, o Flamengo agora encontra-se na terceira posição, atrás do time argentino Lanús e do próprio Olimpia, os quais reúnem sete pontos. Uma vitória contra o Emelec, na próxima quarta-feira, no Equador, é fundamental para deixar a definição para a última rodada, dia 12 de abril, contra o Lanús, no Rio de Janeiro.

Como o Lanús disputará contra o Olimpia, na próxima terça-feira, um fora da casa recoloca o grupo pelo menos em segundo lugar na chave. “Deixamos escapar pontos importantes que complicaram a nossa classificação”, avaliou Ronaldinho, recordando o empate por 3 a 3 no Engenhão depois que o time comandava por 3 a 0.

O jogo

Ronaldinho se desequilibra por Orteman do Paraguai. (Foto Divulgação)

O início do jogo  não poderia ter sido pior para os brasileiros. Uma falta de David Braz na lateral da área acarretou a chance de uma bola elevada e a conclusão de Órteman para o gol, isso, aos seis minutos de jogo. As melhores oportunidades do Flamengo foram com Vagner Love, mas a acirrada marcação dos paraguaios impedia a saída de bola dos brasileiros.

“Não podíamos sofrer um gol tão no início, de bola parada. Agora vamos tentar consertar e buscar a vitória”, comentou Léo Moura na saída para o intervalo. A tática deu certo e, ao dois minutos do segundo tempo Ronaldinho topou com  Vagner Love e o atacante chutou de esquerda fazendo o primeiro gol. No entanto, numa desordem na área dos brasileiros, Zeballos desempatou dois minutos depois. Aos 24 minutos, o argentino Aranda arriscou rasteiro e fez 3 a 1.

Leia Também:  Calendário de propaganda Eleitoral 2012

Em um belo chute de fora da área, Bottinelli reduziu e deixou expectativas ao Flamengo. Mas os paraguaios mostraram experiência e gastaram o tempo com a posse de bola, garantindo a importantíssima vitória.

Top